Massacre de cangurus na Austrália

Cerca de 11 milhões de cangurus são abatidos anualmente para aproveitar a sua pele, que é usada em todo o mundo no fabrico de vários materiais, nomeadamente desportivos. A sua carne é também vendida e servida em restaurantes um pouco por todo o mundo.
Este massacre, que já contribuiu para a extinção de algumas espécies, pode levar à extinção dos cangurus em alguns anos. A matança destes animais constitui o maior massacre de animais selvagens no mundo, só ultrapassado pelo do bisonte americano no século passado.

A Austrália exporta mais de 3 milhões de peles de canguru, que valem mais de 12 milhões de dólares, para a Europa e EUA todos os anos. A grande maioria destas peles é usada para fazer botas de futebol, das marcas Adidas, Predator e Umbro XA1, que são vendidas no mundo inteiro. É também usada para luvas de golfe e de baseball. Os produtos estão geralmente marcados como "K leather" ou "RKT" (rubberised kangoroo technology) para esconder o facto de que são feitos de pele de canguru chacinado.
O Governo australiano aumentou para 7 milhões o número de animais que podem ser legalmente mortos este ano, número que não inclui os bebés que são também mortos quando as suas mães são alvejadas. O número real de mortes deve, portanto, ultrapassar os 11 milhões.
Um massacre destas dimensões pode extinguir estes animais em poucos anos, pois destrói o processo de selecção natural, uma vez que os animais os maiores e os mais aptos são igualmente alvejados.
Seis espécies de cangurus estão já extintas, mais quatro na Austrália continental e dezassete que estão em perigo ou vulneráveis.
Usam-se como argumentos para este massacre que os cangurus destroem os campos de trigo ou competem pelos pastos das ovelhas. Estes argumentos não são, contudo, consensuais. A CSIRO (Commonwealth Scientific & Industrial Research Organisation) constatou que 95% dos campos de trigo nunca foram visitados por cangurus. Um outro estudo, realizado pelo Dr Steven McLeod (NSW Agriculture), que examinou se os cangurus vermelhos afectavam os pastos das ovelhas, não encontrou nenhuma competição pela comida entre os animais, mesmo em condições de seca.


Carne de canguru exportada em 1998

Destino

Total (Kg)

Albânia

175.230

Áustria

493.604

Bélgica

466.354

Bulgária

1.468.947

Brasil

20.302

Suiça

11.206

China

92.684

República Checa

206.244

Alemanha

407.065

Dinamarca

1.410

França

303.211

Grã Bretanha

38.527

Hong Kong

71.193

Indonésia

51.899

Italia

66.931

Japão

98.127

Macau

160.390

Holanda

505.352

Nova Zelândia

10.510

Papua Nova Guiné

90.476

Filipinas

455.704

Rússia

86.130

Estados Unidos

180.585

Vietname

21.334

África do Sul

364.852

Número total (em kg) de carne de canguru exportada em1998

5.975.067

Número total (em kg) de carne canguru exportada em 1997

3.939.169

Número total (em kg) de pele canguru exportada em 1998

2.110.963

Número total (em kg) de pele canguru exportada 1997

2.649.191



Referências:

http://www.savethekangaroo.com/

Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-108-Massacre-de-cangurus-na-Austr-lia.html

Inserido em: 2002.06.27 Última actualização: 1999.11.29

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Defesa Animal > Violência contra Animais