Desportistas vegetarianos

Muitos são os desportistas vegetarianos, embora nem sempre a sua dieta transpareça para o público tanto como as suas medalhas. Praticantes de modalidades diversas, têm em comum o facto de deterem vários recordes notáveis.
A lista que se apresenta é certamente incompleta, restringindo-se apenas aos nomes mais conhecidos.

Dave Scott, da Universidade da California Davis, é um triatleta reconhecido como o melhor do mundo. Venceu o lendário Triatlon Ironman no Hawaii por 4 vezes, inclusive durante 3 anos seguidos - o que nunca ninguém conseguiu vencer mais que uma vez. O evento consiste em provas seguidas de natação por 2,4 milhas no oceano, corrida de bicicleta por 112 milhas e, por último, uma maratona de 26,2 milhas.
Dave diz que a ideia de que as pessoas, e especialmente os atletas, precisam de proteína animal, é uma "falácia ridícula". Há muitas pessoas que consideram Dave Scott como o homem com melhor preparação física de todos os tempos.

Sixto Linares, outro atleta vegetariano, atingiu o recorde mundial do triatlo mais longo, e demonstrou a sua impressionante resistência, velocidade e força, em benefício das entidades filantrópicas American Hearth Association, United Way, Special Children`s Charity, Leukemia Society of America e Muscular Dystrophy Association.
Em Junho de 1985, num evento em benefício da Muscular Dystrophy Association, Sixto bateu o recorde mundial do triatlo de um dia, nadando 4,8 milhas, pedalando por 185 milhas e correndo 52,4 milhas.

Outro exemplo é Edwin Moses, que de forma excepcional dominou a corrida dos 400 metros com obstáculos. Medalhista de ouro olímpico, passou 8 anos sem perder uma única corrida, e quando a Sports Illustrated lhe concedeu o prémio "Desportista do Ano de 1984", a revista publicou que "nenhum atleta de outro desporto consegue ser tão respeitado pelos seus colegas como o Moses no atletismo".

Paavo Nurmi, o "Finlandês Voador", conseguiu 20 recordes mundiais em corrida à distância e ganhou 9 medalhas olímpicas.

Bill Pickering, de Inglaterra estabeleceu um recorde mundial nadando no canal que separa o seu país da França. Mas a performance daquela ocasião foi pouco, diante do facto de que com 48 anos bateu um novo recorde mundial, nadando no canal de Bristol.

Murray Rose tinha apenas 17 anos quando ganhou 3 medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de 1956, em Melbourne, Austrália. Quatro anos depois, nas Olimpíadas de 1960, tornou-se o primeiro homem na história a reter o seu título nos 400 metros e, mais tarde, bateu os seus dois recordes mundiais anteriores, nos 400 metros e nos 1500 metros.
Considerado por muitos como o melhor nadador de todos os tempos, Rose é vegetariano desde os dois anos de idade.

Também se encontram vegetarianos nos campeonatos mundiais de fisiculturismo. Andreas Cahling, fisicultor sueco que ganhou o Mister Mundo de 1980, é um vegetariano. Uma revista publicou que as suas "apresentações nas competições de Mr. Universo, e nos campeonatos mundiais de fisiculturismo, deu aos experts a impressão de que ele seria o próximo Arnold Schwarzenegger".

Um outro atleta que não é exactamente um fracote é o Stan Price que detém o recorde mundial de "bench press" na sua classe de peso.

Roy Hilligan é outro atleta com grande destreza física. Entre os seus vários títulos está a coroa de Mister América.


Entre os anos de 1998 e 2001 a cadeia de comida "Linda McCartney Foods" patrocinou uma equipa de ciclistas vegetarianos, que participou nas mais importantes provas europeias e obteve importantes resultados.


Referências:
http://www.michaelbluejay.com/veg/books/dietamerica.html


Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-190-Desportistas-vegetarianos.html

Inserido em: 2003.03.30 Última actualização: 2006.02.21

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Saúde > Desporto
Pessoas > Artigos por Autor > Cristina Rodrigues



Comentários



Dave Scott

Em http://vegetarian.about.com/cs/athlete/ diz "Ironman triathlete Dave Scott is a vegetarian and has written a book touching on his diet."

Em http://www.ivu.org/people/sports/ o seu nome aparece seguido de pontos de interrogação e depois temos a seguinte informação:
"Scott, Dave Four time winner of the Hawaii Ironman Triathlon
source: Australian Ultrafit Magazine Issue 53 Page 56

but
I asked dave via email if he was still vegetarian and he said he is now 95% but eats fish for protein 'requirements' now." (a mesma informação que o nosso leitor acima enviou).

Não será de estranhar a dúvida, porque por vezes o facto de apenas se comer peixe, é visto por algumas pessoas como vegetarianismo (semi-vegetarianismo). Ou então, o que parece mais provável, o próprio atleta poderia já ter passado por uma fase de vegetarianismo que abandou parcialmente.


[Por: @ 2005.10.10 - 24:00 | Responder | Imprimir ]


Dave Scott

I asked dave via email if he was still vegetarian and he said he is now 95% but eats fish for protein "requirements" now. I can forward this email if needed. - Christopher, Colorado [2002]
M

[Por: @ 2005.10.10 - 24:00 | Responder | Imprimir ]