Gases do efeito de estufa

Com frequência lemos que determinado gás concorre na atmosfera para o efeito de estufa, sem contudo explicar o que é e como se produz esse efeito.
Também perguntamos o que determina a temperatura média da Terra e o clima do planeta onde vivemos...
É sabido que a quantidade de calor que se liberta do centro da Terra, em ignição, é ínfima em comparação com a que cai sobre a superfície da Terra vinda do Sol.
Se o Sol se apagasse a temperatura média da Terra devia ser de cerca de 20ºC abaixo da temperatura de congelação da água. Os oceanos seriam blocos de gelo...

Felizmente que a Terra está envolvida por uma camada de gases e é isso que faz a diferença.
Como sabemos a atmosfera é constituída por um pouco menos de 80% de azoto e 20% de oxigénio. O restante é vapor de água, anidrido carbónico, alguns óxidos de azoto, metano, clorofluoretos e vestígios de outros gases, que absorvem fortemente a radiação infravermelha, embora sejam completamente transparentes à luz visível.
A luz solar penetra esta camada facilmente, mas a parte reflectida pela superfície encontra a barreira formada por aqueles gases que são semi-opacos à radiação infravermelha.
Daqui resulta que a terra tem de alcançar um equilíbrio entre a luz solar que recebe e a radiação infravermelha que emite e então aquece.
Verifica-se que em média a Terra deverá estar a cerca de 13ºC acima do zero. Por isso os oceanos não gelam e o clima é adequado à vida na Terra.
Temos assim que as nossas vidas dependem de um equilíbrio muito ténue de gases invisíveis que são os componentes menores da atmosfera da Terra.
Um pouco de efeito de estufa até é bom . Mas se acrescentarmos mais gases de estufa, como se tem vindo a fazer desde o início da revolução industrial, absorvem mais radiação infravermelha. Tornamos a camada mais espessa e aquecemos mais a superfície terrestre.
À medida que a população aumenta e que os meios tecnológicos se desenvolvem vamos produzindo mais gases absorventes de infravermelhos para a atmosfera...
Sabemos que existem meios naturais que retiram esses gases do ar, mas estamos produzindo a tal ritmo que abafam os mecanismos de exaustão.
Dos gases indicados, os mais absorventes são o metano e o anidrido carbónico.
O metano em parte é extraído do petróleo, desenvolve-se nos pântanos e é produzido em grande quantidade pelos herbívoros na digestão. Tem-se verificado que o metano tem vindo a aumentar em consequência do aumento da agricultura e indústria.
O anidrido carbónico deve-se principalmente à queima dos combustíveis fósseis na indústria e nos transportes.




Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-206-Gases-do-efeito-de-estufa.html

Inserido em: 2003.07.06 Última actualização: 1999.11.29

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Pessoas > Artigos por Autor > RGomes
Meio Ambiente > Resíduos Tóxicos
Meio Ambiente > Curiosidades sobre Ambiente