Vitamina D

A vitamina D é uma vitamina lipossolúvel que actua como uma hormona, regulando a formação óssea e a absorção do cálcio e do fósforo por parte do intestino, e auxiliando também o controlo da movimentação de cálcio entre os ossos e o sangue e vice-versa.
Durante a infância, a deficiência desta vitamina causa a deformação óssea, enquanto que em adultos provoca uma patologia óssea conhecida por osteomalacia. Este tipo de deficiência é mais frequente em habitantes dos países nórdicos ou de determinadas zonas do mundo islâmico, onde a tradição dita que quase todo o corpo deve ser coberto por roupas. Estudos recentes demonstram haver uma ligação entre níveis baixos de vitamina D em mães, e o risco crescente de pré-eclampsia - uma grave complicação na gravidez, que pode levar à morte do feto. Investigadores Americanos da Universidade de Pittsburgh, Faculdade de Ciências da Saúde, afirmam que havia um risco de pré-eclampsia mesmo com suplementos de até 400 unidades internacionais (U.I.). A conclusão a que chegaram foi a de que "a suplementação da vitamina D no início da gravidez deve ser explorada, de forma a prevenir a pré-eclampsia e a promover o bem-estar neo-natal (após o nascimento)".
Por outro lado, o excesso de vitamina D pode provocar perda de apetite e de peso, náuseas, enxaquecas, depressão e depósito de cálcio nos rins.


Veganos e vitamina D
Os veganos obtêm habitualmente a vitamina D através da acção da luz solar sobre a pele, ou através do consumo de produtos fortificados, tais como o leite de soja, a margarina, os cereais de pequeno-almoço e os suplementos vitamínicos derivados de fermento ou outro fungo.
Os produtos veganos fortificados contêm D2 (ergocalciferol), enquanto que os alimentos detentores de vitamina D produzida naturalmente são a maioria das vezes produtos derivados de animais, contendo, por isso, a vitamina D3 (cholecalciferol).
O suplemento vitamínico mais significativo, tanto para omnívoros como para veganos, deriva da acção dos raios ultra-violeta B sobre a pele. Para a absorção ser eficaz a pele não deve estar protegida com protectores solares. Por isso, devem escolher-se horas de exposição solar em que os raios ultra-violetas não sejam prejudiciais à pele. Evite, por isso, expor-se ao sol entre as 11 horas e as 16 horas.
A maioria dos indivíduos (crianças incluídas) regularmente expostos à luz solar quando o sol se encontra elevado no céu, necessitam de escassa ou nenhuma quantidade desta vitamina por via alimentar. Não é necessária a presença de luz solar intensa, mesmo o brilho do céu num dia de Verão nublado estimulará a formação de alguma vitamina D na pele, enquanto que umas curtas férias de Verão ao ar livre aumentarão para o dobro ou triplo os níveis desta vitamina no sangue.
Os veganos adultos obtêm vitamina D adequada caso permaneçam ao ar livre durante a Primavera, Verão e Outono. No Inverno, uma ingestão dietética da vitamina pode ser assegurada pelo recurso a produtos fortificados ou a suplementos.

Latitudes Nórdicas
O comprimento de onda solar efectivo – ultravioleta B (UVB, 290-315 nanómetros de comprimento de onda) não se encontra presente na luz solar entre Outubro e Março em países com latitude superior a 52 graus norte. Os suplementos de vitamina D a administrar durante a época de Inverno estarão então dependentes da exposição corporal prévia durante o Verão armazenada adequadamente no fígado sob a forma de fontes dietéticas.
Em latitudes nórdicas, as mulheres veganas em fase de amamentação durante os meses de Inverno, nomeadamente se possuírem uma tonalidade de pele mais escura, devem assegurar a ingestão de vitamina D pelo recurso a alimentos fortificados ou a suplementos.
Recentes descobertas demonstram que a perda óssea pós-menopausa ocorre maioritariamente durante o Inverno, devido a quedas nos níveis de vitamina D produzida no sangue. Uma ingestão de alimentos fortificados ou suplementos durante o Inverno é altamente recomendada para promover a saúde óssea, sendo que durante esta estação parece apropriado a ingerir cerca de 15 µg (microgramas) diários.

Referências:

http://www.vegansociety.com/html/food/nutrition/vitaminD.php http://www.nutraingredients.com/news/ng.asp?id=79609-preeclampsia-vitamin-d

Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-265-Vitamina-D.html

Inserido em: 2004.01.02 Última actualização: 2008.10.24

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Saúde > Nutrientes essenciais
Pessoas > Artigos por Autor > Cristina Rodrigues
Pessoas > Artigos por Autor > Inês Alves