O que fazer para tornar os cães veganos

Cães veganos, mas porquê? É possível?

O maior dilema para os veganos é alimentar os seus animais de companhia à base de carne. Uma vez que decidiram não financiar a produção animal intensiva, a pergunta que frequentemente colocam é: será justificável e/ou indispensável continuar a atribuir produtos de origem animal aos nossos companheiros caninos?



Tanto aos cães adultos como aos muito jovens pode ser administrado um regime vegano, desde que equilibrado e atendendo às necessidades de cada idade. Os cães não apresentam qualquer insuficiência em digerir a proteína vegetal. Alguns veganos desconhecem estes aspecto e não sabem que os cães podem ser saudáveis com um regime estritamente vegetariano. E por isso, ao alimentá-los com carne, abrem uma excepção moral baseada na ideia de que não existem alternativas alimentares saudáveis para os seus amigos.
As comidas enlatadas e rações comerciais (à excepção das comidas biológicas como as da marca Yarrah, sem químicos, hormonas, etc..) são, sem dúvida alguma e a longo prazo, terríveis para a saúde dos cães. Este estilo alimentar caracteriza-se por ter um alto teor de gorduras saturadas, açúcares, pesticidas, hormonas, espessantes, conservantes, tecidos cancerígenos provenientes de partes de animais não direccionadas para consumo humano. Afinal de contas, nós somos os protectores dos nossos animais e queremos certamente o seu bem estar. Existem, portanto, alternativas perfeitamente viáveis, e ao estarmos a assegurar uma vida melhor aos cães estaremos também a eliminar das nossas cozinhas produtos animais e, acima de tudo, não estaremos a contribuir financeiramente para a morte e tortura de seres sencientes.

Cães adultos:


- Se o cão for idoso a transição deve ser combinada com chás digestivos (ou suplementos veganos para cães que tenham esse fim) e deve ocorrer muito lentamente. Ou seja, aos poucos vão-se adicionando cada vez mais alimentos veganos às refeições de carne, até esta ser definitivamente eliminada da dieta dos cães.
- As refeições mais leves devem ser mais frequentes e ajudam a reduzir a fome e, consequentemente, a ansiedade e possíveis complicações gástricas advindas da mesma. Este tipo de alimentação mais equilibrada e repartida é igualmente benéfica na absorção de nutrientes a nível intestinal.
- Os cães geralmente vivem bem com duas refeições diárias: um pequeno almoço reduzido mas bastante energético (à base de cereais) e uma refeição principal à tarde ou ao anoitecer. As raças mais pequenas devem ser alimentadas com três ou quatro refeições ligeiras e intervaladas.
- Se o teu cão for muito activo procura equilibrar os gastos de energia com o consumo de hidratos de carbono.
- Não alimentes o cão com uma refeição pesada antes de qualquer exercício extenuante.

(As seguintes sugestões são apenas alguns exemplos e não referências fixas. Existem centenas de refeições diferentes que podes fazer para o teu amigo de quatro patas. Vê mais abaixo as fontes de nutrientes para saber quais os alimentos que deves dar ao animal, para que se mantenha saudável).

Sugestões

 

Pequeno-almoço

(de manhã ou ao meio-dia):
Farinha de cereais com leite de soja ou água, de maneira a formar uma papa consistente e energética; Cereais inteiros muesli cozinhados em lume brando com leite de soja, de modo a amolecê-los.

Jantar

(à tarde ou ao anoitecer)
Fazer uma selecção do seguinte:

- Seitan e tofu picados ou em pedaços e cozinhados; Arroz com algas; Lentilhas, grão, feijão, ervilhas e rebentos de soja (cozinhar todas as leguminosas); Sopa de legumes (com espinafres, tomate, cenoura, batata, feijão verde, agriões, etc..); Patês vegetais: de grão, brócolos, couve-flor, esparregado (espinafres), tomate, cenoura, feijão, lentilhas, etc..

Outros alimentos possíveis:


- Fruta crua em pedaços, cozinhada ou desidratada; Sumos naturais (sem adição de açúcar) de maçã, melancia, cenoura, melão e laranja;
- Pão fresco ou tostado, sanduíches com vegetais divididas em pequenas porções; Arroz integral;

Não te esqueças que os cães precisam de alimentos rígidos para exercitar as suas maxilas e gengivas. Os cães podem mastigar uma cenoura inteira, ossos de nylon, maçãs cruas e ração ou biscoitos veganos para cão;

Os ácidos oleicos são essenciais para manter o pêlo saudável e brilhante. Por isso deves dar diariamente à boca do cão, ou misturada na comida, uma colher de chá de óleo vegetal (não aquecido nem cozinhado), como o óleo de girassol ou azeite. Esta quantidade é indicada para cães médios como os cocker spaniel. Para cães maiores deve administrar-se uma colher e meia de óleo de girassol ou azeite. Aos cães de pequeno porte devem dar-se apenas 4 -5 gotas.

Cachorros

(Recém-nascidos até à 8ª semana):
- Os cachorrinhos dependem do leite materno até às 3 semanas de idade. Eles vão-se continuar a alimentar do leite da mãe até às 7-8 semanas, porém durante este período o leite materno irá ser suplementado por uma cada vez maior quantidade de outros alimentos.
- Por esta altura começa a oferecer-lhes os alimentos incluídos na lista abaixo, mas não te esqueças de dar sempre refeições leves, uma vez que os animais muito jovens têm dificuldade em digerir uma grande quantidade de comida.

(As seguintes sugestões são apenas alguns exemplos e não referências fixas. Existem centenas de refeições diferentes que podes fazer para o teu amigo de quatro patas. Vê mais abaixo as fontes de nutrientes para saber quais os alimentos que deves dar ao animal para que se mantenha saudável).

Sugestões

 

Das 8 semanas até aos 4 meses

(fazer uma selecção):
- Dá aos cachorros 4 refeições diárias;
- Às 8 da manhã: papa de cereais com leite de soja (cozinhados previamente para se tornarem mais fáceis de digerir); puré de maçã e pêra; iogurte de soja com fruta cozida;
- Meio dia: Seitan guisado (picada) com vegetais; gratinado de queijo vegano com nozes, cenoura cozida e grão picado; sopa - creme de abóbora com cenoura e bocadinhos de pão; fruta cozida, etc..
- Às 16 horas: semelhante às 8 da manhã.
- Às 20 horas: semelhante ao meio dia

Dos quarto meses até aos 8 meses:


Elimina uma refeição, por exemplo a das 8 horas da manhã, e passa a dar uma maior quantidade de alimentos nas 3 restantes refeições.

Dos oito meses até à idade adulta:


Alimenta os jovens cães com uma dieta para adultos, geralmente duas refeições por dia. Aos cães de porte pequeno: 3 ou quatro refeições diariamente.

Nutrientes - onde os procurar para obter uma alimentação equilibrada?


Hidratos de Carbono:
Cereais e seus produtos (farinha, pão, bolos, massas, etc.), bananas, castanhas, leguminosas, pêras, frutos secos, batatas, etc.

Proteínas: (os cães requerem uma maior quantidade de proteínas que os humanos. Portanto, em todas as refeições que fizeres para o teu cão não te esqueças de adicionar sempre os alimentos que estão mencionados abaixo).

- Tofu, farinha de soja, rebentos de soja, leite de soja, millet, tamari, molho de soja, seitan, queijo vegano, lentilhas, grão, feijão, ervilhas, cogumelos, cereais inteiros, gérmen de trigo, sementes de girassol, sementes de sésamo, amêndoa, amendoim, avelã, nozes, pinhão, castanha, acerola (ou cereja das Antilhas), banana, azeitonas, carambola, cerejas, coco, damasco, maçã, melão, morango, tâmara.


Vitaminas:

Vitamina A:
- Ameixa, ananás, carambola, margarina, acerola, abóbora, amendoim, cerejas, cenouras e vegetais verdes, abrunho, amoras, diospiro, figos, framboesas, goiaba, kiwi, laranja, limão, maçã, manga,
marmelo, melancia, melão, morango, nectarina, nêspera, nozes, papaia, pêssego, tâmara, tomate, uva.

Vitamina D (a vitamina D é essencial para a absorção do cálcio):
- Margarina, exposição da pele do cão a luz solar, vegetais de folha escura (agriões e espinafres),
gérmen dos cereais, levedura, papaia.

Vitamina E:
- Cereais (trigo e milho), vegetais com folhas (agriões, couve, grelos, nabiças, espinafre, alface), abacate, banana, coco, groselhas, manga, morango, nozes, toranja, uva.

Vitamina K:
- Couve, espinafres, agriões e alface

Vitaminas do complexo B (excepto a B12):
- Abóbora, ameixa, figos, abrunho, acerola, amêndoa, amendoim, amoras, ananás, anona, caju, avelãs, banana, cerejas, groselhas, levedura, abacate, damasco, goiaba, cereais integrais, farelo, vários vegetais, frutos secos, feijão verde, kiwi, laranja, lichia, limão, maçã, marmelo, melancia, melão, nectarina, nozes, pêra, pêssego, pinhão, romã, tâmara, tomate, toranja, uva.


Vitamina B12:
- Leite de soja fortificado, tempeh, tamari, algas.

Vitamina C (essencial na dieta alimentar de um cão):
Abacate, figos, avelãs, ameixa, rebentos frescos, acerola, repolhos, clementina, caju, carambola, cerejas, coco, damasco, dióspiro, framboesas, groselhas, couve- lombardo, amoras, polpa ou xarope de sementes de roseira, couve-flor, maçã, brócolos, couve portuguesa, laranja, limão, kiwi, morangos, tomate, pepinos, pimentos, lichia, manga, marmelo, melancia, melão, morango, nectarina, nêspera, nozes, papaia, pêssego, romã, tâmara, tomate, toranja, uvas.


Gorduras e óleos:

- Saturados: manteiga de soja, margarinas vegetais,
azeitonas e azeite
- Intermédios: frutos secos, coco, gérmen de trigo e seus óleos
- Insaturados: óleo de girassol, óleo de sésamo, óleo
de soja e margarinas com alto teor de poli-insaturados


Alguns Minerais:

Cálcio:
- Couve portuguesa, sementes de sésamo, amêndoas, figos secos, pepinos, limões, leite de soja, tangerinas, alface, couve-flor, endivias, amendoins, feijão verde, alho-porro, repolhos, aipo, nozes, ervilhas, lentilhas, couves de Bruxelas, passas, bananas, laranjas, avelãs, abacate, amoras anona, azeitonas, clementina, coco, damasco, goiaba, kiwi, laranja, manga, melancia, nectarina, nêspera, papaia, pinhão, tâmara.


Ferro:
- Tangerinas, anonas, espinafres, cereais integrais, açaí, amendoim, cerejas, coco, damasco, figos, groselha, kiwi, laranja, morango, pinhão, tâmara, toranja, uva.

Fósforo:
- Abacate, amêndoa, anonas, avelãs, amendoim, amora, castanhas, cerejas, coco, damasco, figos, goiaba, kiwi, laranja, limão, maçã, manga, melancia, nectarina, nêspera, nozes, papaia, pêra, pêssego, tâmara.


Iodina:
- Algas, centeio e trigo integrais, alface, abacate.

Magnésio:
- Pão integral, massas e arroz integral, abacate, coco, amêndoa, cerejas, damasco, groselha, kiwi, laranja, limão, maçã, nectarina, papaia, tâmara, uva.

Tratar da dentição


As gengivas e dentes dos cães precisam de ser regularmente limpas. Ajuda bastante se o teu cão comer alimentos crocantes como cenouras, maçãs, tostas e biscoitos. Ocasionalmente algumas batatas fritas estaladiças e com pouco sal também serão úteis. Se as sugestões anteriores não funcionarem, massaja e limpa tu mesmo(a) os dentes e gengivas do teu animal, recorrendo a um paninho húmido ou a uma escova de dentes macia com um pouco de pasta de dentes vegana.

Como manter os parasitas à distância?


Cães saudáveis e alimentados com comida biológica de qualidade raramente apresentam muitos parasitas - uma boa nutrição combate pulgas e outros pequenos parasitas. Escovar regularmente o pêlo dos cães mantém-os à distância. Óleos essenciais podem ser muito eficazes a eliminar as pulgas. Estas não gostam, nem de óleo de eucalipto nem de óleo de chá verde.
Um método muito prático e nada dispendioso é colocar num vaporizador com água algumas gotas do óleo essencial e utilizar para pulverizar tanto a casa como o pêlo do cão. Tem especial atenção aos recantos e sítios escuros, pois as pulgas geralmente escolhem estes lugares para se instalarem. Fecha a sala que pretendes vaporizar e espalha um pouco de sal nos tapetes e carpetes. Após 1 a 2 horas aspira o sal e abre novamente a sala. Faz isto pelo menos uma vez por mês. Este processo, além de ser útil para eliminar os parasitas dos cães gatos, também pode ser utilizado em gatos e outros animais mais pequenos.

Bons cozinhados e boa sorte na transição dos teus amigos para o regime vegano!


Referências:
http://www.vegetariandogs.com/



Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-284-Adaptar-cao-vegetariano-vegano.html

Inserido em: 2004.03.13 Última actualização: 2016.08.03

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Defesa Animal > Animais Domésticos
Pessoas > Artigos por Autor > Sílvia Ferreira



Comentários



Boas intençoes, mas alguma informaçao incorrecta

Sou médica veterinária e vegetariana.
Estou em constante busca pelo conhecimento para saber quais as espécies animais, e como, podem tornar-se (ou não) saudavelmente vegans.
Os gatos... não. Carnívoros obrigatórios.
Os caes... talvez. Mas não é garantido.
Ainda que os caes venham a poder ser saudavelmente vegans, o que venho sugerir é que consultem o medico veterinário quando pensarem em reduzir a parte animal (Que está sim em equilíbrio nas melhores raçoes), porque esse "cardápio" apresentado não é adequado.. de todo. Refeição com tantos cereais de manha? Eles precisam de 2 ou mais refeições idealmente, sim... mas não como nós. Só cereais não é equilibrada para eles. Nem de manha nem a hora alguma.
E muito cuidado com excesso de leguminosas (na intenção de substituir a origem do aporto proteico) porque a parte gastrointestinal deles é muito mais sensível que a nossa e podem mesmo arranjar problemas sérios de saúde!
Cumprimentos e parabéns pela tentativa e boa intenção na defesa do veganismo.
Raquel Faria
(Por: Raquel Faria)

[Por: @ 2016.09.13 - 19:34 | Responder | Imprimir ]


Alimentação para cães

Este artigo é uma sussessão de disparates. Os cães têm um organismo diferente dos humanos e diferentes necessidades nutricionais. Excluir da sua alimentação carne é meio caminho andado para, no mínimo, originar anemias, isto para não mencionar problemas de saúde mais graves. A alimentação ideal para cães nao é a ração que compramos no supermercado, mas até essa é mais adequada do que o que é aqui proposto. Se se tornaram veganos por gostarem e respeitarem os animais, sejam consistentes com essa ideia e respeitem os vossos cães alimentando-os de forma adequada. E sim, os cães devem comer carne.
(Por: Pedro Vieira)

[Por: @ 2015.04.25 - 21:32 | Responder | Imprimir ]

Re: Alimentação para cães

Discordo em absoluto consigo e falo por experiência própria.
Desde que passei a dar uma alimentação vegetariana nunca mais tive um cão doente. Os meus cães são mais saudaveis que os pais deles, têm melhor pelo, e muito mais longevidade.
Desde que optei por esta via, morrem com cerca de 14, 15 anos, quando a expectativa de vida destes mesmos, é me media 8, 9 anos!
(Por: Nuno Coelho)

[Por: @ 2015.05.06 - 18:59 | Responder | Imprimir ]



DUVIDA

olá,
vou ter um cao labrador que neste momento tem 3 semanas.
so me vai ser dado às 8 semanas e sei que até lá lhe vai ser dado comida que nao é vegana.
pretendo, como vegana que sou à um ano, dar esta dieta ao meu cachorro e queria saber se posso dar-lhe a alimentaçao aqui descrita assim que o tenha ou se devo contactar já quem tem o meu cachorro e dar.lhe recomendaçoes para a alimentaçao dele até às 8 semanas.
ajudem-me :)

[Por: andreia93 @ 2012.05.27 - 16:54 | Responder | Imprimir ]

Re: DUVIDA

Nas primeiras semanas os cães só são normalmente (ou deviam ser) amamentados, pelo que não há grande preocupação.
De qualquer modo, é fácil adaptar os cães a outra alimentação.

[Por: cris @ 2012.05.31 - 23:18 | Responder | Imprimir ]



animais vegetarianos

Olá:é um prazer estar aqui com vocês.Meu grande motivo é parabenizar vossa iniciativa e contribuir com um ponto de vista que mesmo não sendo claro ainda em sua origem é válido até sua comprovação:a própria Biblia fala :não matarás num de seus mandamentos(e muitos tentam trocar a interpretação)se não matas não comes coisas mortas,então penso que em alguma época e por algum motivo os SERES VIVOS em geral começaram a mudar seus hábitos nutricionais,tal vez por uma casacata de desequilíbrios e hoje temos que tentar recuperar esse equilíbriom.É simples mesmo...mas ainda sem teorias que comprovem.Podemos procurar,estou procurando.Um abraço a todos.
(Por: maria diaz)

[Por: @ 2009.11.29 - 02:49 | Responder | Imprimir ]


Ridículo

Sem comentários. Para mim, todo excesso é burro. E passar a alimentar o seu animal com uma alimentação restrita por sua opção, para mim deixa apenas uma questão. Quem é o animal nesse caso?
Se vcs são tão contra a sociedade, procurem viver na mata, junto com os índios!!!!!!!
(Por: Rafael)

[Por: @ 2009.10.29 - 10:28 | Responder | Imprimir ]

Ridículo

A ração vegetariana é bem mais próxima do natural do que as rações comerciais que costumam dar aos animais. Na natureza acha que algum cão come ração? E acha que algum cão come os ingredientes que constam da maioria das rações?
A informação não faz mal a ninguém...

[Por: cris @ 2009.10.29 - 10:33 | Responder | Imprimir ]

Ridículo

Natural?? Os cães são carnívoros, não são omnívoros como nós. É certo que não são carnívoros estritos como os gatos ainda assim a sua alimentação natural seria feita baseada em carne! Neste momento existem rações feitas no canadá que só incorporam matéria de primeira (não são subprodutos)e com um tempo de transformação de cerca de 48h. Mais natural que isso é impossível. Eu compreendo que qualquer pessoa que se queira tornar vegetariana, nós temos consciência e podemos escolher, eles não. Gostava de ver estudos científicos sérios sobre esta questão!!
(Por: Rita Teles)

[Por: @ 2014.11.09 - 06:55 | Responder | Imprimir ]




gatos vegan

ja tive um cao e era mt esquisito quanto a comida, mas a minha gata ate sopa come e gosta mto :>
pimpi

[Por: @ 2005.10.10 - 24:00 | Responder | Imprimir ]

Os animais são crudivoros

Os animais são crudivoros por natureza.

Uma forma excelente dos animais comerem vegetais ou frutos é também dar-lhes os alimentos desidratados.

Não esquecer de criar uma cultura de erva de trigo ou cevada pois tanto os cães como os gatos utilizam-na para se purificar e para retirarem nutrientes necessários.

Luis Guerreiro

[Por: lfguro @ 2007.01.06 - 17:47 | Responder | Imprimir ]

Re: Os animais são crudivoros

Eu posso até engolir alimentar cães com dieta vegan. Mas gatos, eu discordo totalmente.
Gatos são animais estritamente carnivoros, é muito raro ver gatos comendo frutas e verduras. Não conseguem viver sem carne. Eu não me torno Vegan por causa disso. Eu amo gatos e quero tê-los e cuidar deles como gatos. Deus os fez carnivoros, para que mudar? Eles tem dentes caninos, pH estomacal alto, digerem a proteina animal maravilhosamente bem e aproveitam tudo. Nós é que não precisamos matar para viver
(Por: Estela)

[Por: @ 2010.11.29 - 19:23 | Responder | Imprimir ]

Re: Os animais são crudivoros

Dos meus cinco gatos apenas um se sente atraído (esporadicamente) por algum tipo de carne. Tenho dois que gostam de verduras cruas (couve, alface, agrião, radite ...), outro sentia de longe quando se cortava manga e outras frutas e vinha correndo para comer. Manifestações espontâneas deles. Penso que os animais são como nós. Cada um tem suas preferências.

(Por: Vera Bernhard)

[Por: @ 2014.07.08 - 15:24 | Responder | Imprimir ]




Re: gatos vegan

Tenho 2 cães que adoram feijão verde cru, batatas cruas e uvas. Preferem isto a carne picada!

Bela
(Por: Bela)

[Por: @ 2007.10.25 - 14:45 | Responder | Imprimir ]

Para a Bela: cuidado com as uvas!!!

Bela escreveu: Tenho 2 cães que adoram feijão verde cru, batatas cruas e uvas. Preferem
> isto a carne picada!

Bela, fiquei sabendo de muitos casos de intoxicação de cães por alimentarem-se de uvas, que pode até levar a morte. É bom pesquisar antes. Além disso, sou crudívoro e me foi informado que batata crua não faz bem ao nosso organismo por ser muito tóxica. Portanto, valeria a pena ésquisar um pouco mais sobre isso que vc disse.

Grande Abraço!
(Por: Caio)

[Por: @ 2008.02.18 - 05:01 | Responder | Imprimir ]

Re: Para a Bela: cuidado com as uvas!!!

A Sylvia Angélico, do blog Cachorro Verde, divulgou no Twitter informações recentes sobre os alimentos que podem ou não ser dados aos cães. Veja o que diz a Sylvia:

“Na pós-graduação, tirei muitas dúvidas sobre alimentos potencialmente tóxicos para pets, com base em estudos recentes que foram divulgados.

O consumo crônico da casca do abacate está associado a danos renais, e não a gastrointestinais. Uva - pasmem - é segura para consumo. A uva passa contêm açúcar, esse é que é o problema. Assim como toda fruta cristalizada.

Macadâmias são mesmo consideradas tóxicas, alho pode ser oferecido a cães em pequeninas quantidades, mas jamais a gatos.

Carne de porco está liberadíssima. Até 2 ovos por semana podem ser oferecidos crus, e apenas peixes não carnívoros precisam ser cozidos

A beterraba não tem contra-indicações. Mas para uma correta digestão, é preciso triturá-la ou cozinhá-la.

O espinafre está liberado para oferta ocasional. Nosso espinafre é diferente do espinafre americano (do Popeye) e contém menos ácido oxálico.”


P.S.: O blog Cachorro Verde tem dietas vegs. Para quem quiser olhar
(Por: Estela)

[Por: @ 2010.11.29 - 19:16 | Responder | Imprimir ]




cães e gatos

Como médica veterinária, com formação em nutrição animal, não posso passar por um site desses sem deixar um único e claro cometário:
Deus fez cães e gatos, assim como coitotes e leões e todos os caninos e felinos da natureza seres CARNÍVOROS!!! torná-los vegetarianos forçadamente é condedá-los a serem infelizes e subnutridos!!! é um absurdo e desrespeito as leis naturais!! nós humanos não podemos submetê-los a mesma dieta que a nossa, somos serem totalmente diferentes!!! é só se informar um pouquinho...

> ja tive um cao e era mt esquisito quanto a comida, mas a minha gata ate sopa come e gosta mto :>
> pimpi

(Por: tetéia)

[Por: @ 2009.01.06 - 20:47 | Responder | Imprimir ]

Re: cães e gatos

Muitos veterinários já não consideram os cães como carnívoros, mas sim como omnívoros.
Se os animais não estão no seu habitat natural nem caçam, o que importa é se obtêm os nutrientes necessários. Se a sua fonte é animal ou vegetal isso pouco importa.
Se fizer a análise nutricional de uma ração vegetariana e de uma com carne, não vai encontrar muita diferença.
Naturalmente um cão ou gato também não comeria os estranhos ingredientes contidos (e por vezes pouco claros) nas rações com carne.

[Por: cris @ 2009.01.16 - 20:10 | Responder | Imprimir ]


Re: cães e gatos

"Como médica...deus fez" LOL! Mas que argumento tão científico!

[Por: anasoares @ 2011.10.14 - 16:09 | Responder | Imprimir ]

Re: cães e gatos

anasoares escreveu:
> "Como médica...deus fez" LOL! Mas que argumento tão científico!

FOI EXATAMENTE O QUE PENSEI

[Por: andreia93 @ 2012.05.27 - 16:59 | Responder | Imprimir ]



Re: cães e gatos

Que tipo de médica veterinária é essa? Ah, certamente do tipo bem clássico, como os médicos de animais humanos... Ou seja, nada sabem sobre nutrição e engenharia de alimentos! Logicamente, há os que se informam à parte da formação acadêmica, mas são raros. E que papo é esse de Deus? Na falta de informação, lá vem a religião dos homens à baila... Esta pessoa é que deveria se informar melhor e se atualizar quanto aos avanços alimentares e científicos sobre as necessidades de cada espécie... Até taurina sintética é hoje amplamente comercializada nos EUA para os gatos... Veganismo é sinônimo de ética e respeito para com todos os demais seres com os quais compartilhamos este planeta maravilhoso e ponto final. Quem não entende isso, coitadinho... Ainda tem muito a evoluir...


> Como médica veterinária, com formação em nutrição animal, não posso passar
> por um site desses sem deixar um único e claro cometário:
> Deus fez cães e gatos, assim como coitotes e leões e todos os caninos e
> felinos da natureza seres CARNÍVOROS!!! torná-los vegetarianos forçadamente
> é condedá-los a serem infelizes e subnutridos!!! é um absurdo e desrespeito
> as leis naturais!! nós humanos não podemos submetê-los a mesma dieta que a
> nossa, somos serem totalmente diferentes!!! é só se informar um
> pouquinho...
>
> > ja tive um cao e era mt esquisito quanto a comida, mas a minha gata ate
> sopa come e gosta mto :>
> > pimpi
>
> (Por: tetéia)

(Por: Juliana Arosi)

[Por: @ 2011.05.12 - 17:12 | Responder | Imprimir ]

Re: cães e gatos

Ela está certa, nunca vi tanta gente IGNORANTE em um só lugar. Cães e gatos são CARNÍVOROS, realmente Deus fez assim, nem é questão de religião, é a natureza, cadeia alimenta. Muita ignorancia querer tornar um animal desses vegetariano, o animal concerteza vai ficar subnutrido! Acordem pra vida!
(Por: Daniela)

[Por: @ 2012.09.15 - 17:58 | Responder | Imprimir ]


Re: cães e gatos

> Que tipo de médica veterinária é essa? Ah, certamente do tipo bem clássico,
> como os médicos de animais humanos... Ou seja, nada sabem sobre nutrição e
> engenharia de alimentos! Logicamente, há os que se informam à parte da
> formação acadêmica, mas são raros. E que papo é esse de Deus? Na falta de
> informação, lá vem a religião dos homens à baila... Esta pessoa é que
> deveria se informar melhor e se atualizar quanto aos avanços alimentares e
> científicos sobre as necessidades de cada espécie... Até taurina sintética
> é hoje amplamente comercializada nos EUA para os gatos... Veganismo é
> sinônimo de ética e respeito para com todos os demais seres com os quais
> compartilhamos este planeta maravilhoso e ponto final. Quem não entende
> isso, coitadinho... Ainda tem muito a evoluir...
>
>
> > Como médica veterinária, com formação em nutrição animal, não posso
> passar
> > por um site desses sem deixar um único e claro cometário:
> > Deus fez cães e gatos, assim como coitotes e leões e todos os caninos e
> > felinos da natureza seres CARNÍVOROS!!! torná-los vegetarianos
> forçadamente
> > é condedá-los a serem infelizes e subnutridos!!! é um absurdo e
> desrespeito
> > as leis naturais!! nós humanos não podemos submetê-los a mesma dieta que
> a
> > nossa, somos serem totalmente diferentes!!! é só se informar um
> > pouquinho...
> >
> > > ja tive um cao e era mt esquisito quanto a comida, mas a minha gata
> ate
> > sopa come e gosta mto :>
> > > pimpi
> >
> > (Por: tetéia)
>
> (Por: Juliana Arosi)

Respeito é exatamente isto: RESPEITAR o modo com que a espécie se alimenta desde que existe.

Meu Deus...quanta ignorância esse povo com mania de ser diferente, de querer ser vegetariano, com a desculpa de que é "melhor para a saúde". Fiquem em sua ignorância, é um favor que nos fazem. Darwin já explicava isto!
(Por: Oppenheimer)

[Por: @ 2014.06.05 - 17:02 | Responder | Imprimir ]

Re: cães e gatos

> Meu Deus...quanta ignorância esse povo com mania de ser diferente, de
> querer ser vegetariano, com a desculpa de que é "melhor para a saúde".
> Fiquem em sua ignorância, é um favor que nos fazem. Darwin já explicava
> isto!
> (Por: Oppenheimer)

Olha, se os cães podem ser vegetarianos, eu tenho pesquisado muito e, quanto mais pesquiso, mais longe estou de uma conclusão ¬¬° Nesse quesito, faltam estudos.
Mas quanto às pessoas serem vegetarianas, isso faz, sim, muito bem para o corpo e para a consciência. Inclusive, Darwin, que vc citou, era vegetariano :D

(Por: Juliana)

[Por: @ 2014.09.17 - 07:21 | Responder | Imprimir ]