Gomásio, um nutritivo substituto do sal

O gomásio (palavra japonesa = goma (sésamo) + sio (sal)) ou sal de sésamo é um óptimo substituto do sal que pode ser utilizado em saladas, sopas, estufados e outros pratos gastronómicos. É igualmente saboroso para polvilhar em pratos de arroz, massa, empadões e outros pratos de ir ao forno.
O sésamo, cujo óleo é rico em ácidos gordos não saturados, em aminoácidos essenciais e em lecitina, fortifica o sistema nervoso e neutraliza a acidez, enquanto o sal marinho favorece a secreção dos sucos digestivos e estimula todo o metabolismo. Recomenda-se igualmente a ingestão de 1 a 2 colheres de chá de gomásio por dia. A sua utilização permite reduzir os níveis de sódio aumentando, ao mesmo tempo, os níveis de cálcio, ferro, magnésio, proteína e fibra.

Propriedades:
- ajuda a digestão (facilita a secreção dos sucos gástricos e regula o intestino, actuando como um laxante suave);
- neutraliza a acidez do sangue;
- fortalece os sistemas nervoso e imunológico, ajudando na prevenção de doenças;
- aconselhável para dores estomacais e intestinais e menstruação irregular;
- favorece a produção de leite;
- alivia o cansaço;
- permite uma boa circulação sanguínea;
- constitui um excelente suplemento proteico: possui cerca de 15 aminoácidos.

É feito a partir da moagem de sementes de sésamo torradas com sal. Apesar de estar à venda no mercado, a sua preparação caseira também é muito fácil:

Ingredientes:
4 colheres de sopa de sementes de sésamo (com casca, para permitir uma maior assimilação do cálcio quando as sementes forem torradas)
1 colher de chá de sal marinho (integral)
Resultado: ¼ de chávena

1.Torra as sementes de sésamo numa frigideira seca em lume brando, remexendo-as de vez em quando. Também podem ser torradas no forno. Ter cuidado para não as deixar queimar. Coloca as sementes num prato para que arrefeçam.
2.Torra o sal marinho na mesma frigideira durante alguns minutos e, em seguida, coloca-o noutro prato para que arrefeça igualmente.
3.Coloca as sementes num almofariz e esmaga-as suavemente com a ajuda de um pilão (podes utilizar igualmente um moinho de café). Adiciona o sal e continua a esmagar a mistura até que o óleo das sementes cubra o sal.
4.Guarda no frigorífico ou em local fresco e utiliza sempre que necessário.

Nota: O gomásio conserva-se no frigorífico até uma semana, por isso não convém preparar grandes quantidades de uma só vez.


Referências:
http://www.cuisine-vegetarienne.com/index.php?in_id=103
http://fanaticcook.blogspot.com/2005/01/gomasio-sesame-salt.html
http://www.recipegoldmine.com/health/health74.html
http://www.recipegoldmine.com/season/season108.html
http://perso.wanadoo.es/nutribiota/condimentos.html

Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-390-Gom-sio--um-nutritivo-substituto-do-sal.html

Inserido em: 2006.05.06 Última actualização: 2006.05.06

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Alimentação > Alimentos
Pessoas > Artigos por Autor > Rosa Sousa
Consumidor Vegetariano > Truques e Dicas