Visita ao Restaurante Oriente no Porto

O Oriente no Porto situa-se no centro histórico da cidade do Porto, por trás da antiga Cadeia da Relação (zona da Cordoaria, Clérigos e, num raio mais alargado, de Cedofeita, Avenida dos Aliados e Ribeira). O Largo da Cordoaria é amplamente servido pela rede de transportes públicos da cidade do Porto e essa será efectivamente a melhor opção em termos de acesso ao restaurante, já que este se situa num pitoresco emaranhado de ruas antigas e estreitas, onde não é fácil estacionar…

+ Contactos: Rua de S. Miguel, 19 – 4050-560 Porto / Telefone: 222 007 223
+ Horário de Funcionamento: Segunda a Sábado das 13h00 às 15h00. Às Sextas e Sábados também servem jantares (das 20H00 às 22H30).
+ Tipo de comida: Lacto-Vegetariana, mas geralmente com opções Macrobióticas e Veganas.
+ Tempo de espera: Rápido (5 minutos) - sistema de buffet.
+ Reserva aconselhada: Não.
+ Estacionamento: Recomendam-se os transportes públicos.
+ Variedade: Médio (geralmente só apresenta um prato principal, sopa e sobremesas)
+ Quantidade: Bom
+ Conforto: Bom
+ Higiene: Bom
+ Simpatia: Bom
+ Facilidades para pessoas com mobilidade reduzida ou bebés: Médio
+ Formas de Pagamento: Dinheiro e MB
+ Relação Qualidade/preço: Muito Bom (preço médio por refeição completa: 5-6 €; os estudantes beneficiam ainda de desconto).
Nota global qualitativa: Muito Bom


A equipa que gere o restaurante é seguidora do movimento Hare Krishna (Sociedade Internacional para a Consciência de Krishna). Os Hare Krishna são lacto-vegetarianos e, naturalmente, esse factor reflecte-se na cozinha que oferecem, confeccionada segundo a milenar filosofia Ayurvédica, da Índia. Por exemplo, não usam alho nem cebola, substituem-nos por Assa-Foetida, uma especiaria de odor pungente. Incorporam leite de vaca nos pratos, mas habitualmente só nas sobremesas. Evitam a manteiga e os ovos. Nos pratos salgados utilizam mais o leite de soja e de coco, e também o tofu.

O Oriente no Porto oferece aos clientes e visitantes, para além do restaurante, uma pequena loja com artigos Indianos (literatura sobre o movimento Hare Krishna, vestuário, acessórios, cosméticos, objectos rituais e decorativos), alguns produtos alimentares também provenientes da Índia, como lentilhas e Papadoms (espécie de panqueca muito fina e estaladiça) e uma pequena selecção de produtos alimentares / marcas que se encontram habitualmente nas lojas de produtos naturais.

Para além disto, é possível ainda frequentar aulas de yôga na sala do 1º andar (há vários horários durante a semana).
O espaço é absolutamente despretensioso. Trata-se de uma grande sala com tecto de madeira e paredes de pedra, com iluminação discreta e sons orientais como música de fundo. A decoração é muito simples e despojada. Ao fundo a cozinha, totalmente aberta e à vista dos clientes/visitantes, rematada por uma larga varanda, que permite espraiar a vista sobre a magnífica paisagem do rio Douro. O acesso às instalações sanitárias faz-se por essa varanda.

O restaurante disponibiliza diariamente uma única opção de refeição, que inclui sopa, a refeição principal, sobremesa e bebida. No dia desta visita, foi servida sopa de legumes, grão-de-bico estufado com tofu, arroz branco, salada, tudo acompanhado com papadom. Para beber, chá quente. A confecção é simples, mas muito saborosa, leve e equilibrada. Para a sobremesa, havia as opções de arroz doce ou gelatina. As doses individuais são servidas pelo pessoal do restaurante em tabuleiros individuais, mas é possível repetir.

A localização do restaurante no rés-do-chão do edifício e o facto de se tratar de um espaço amplo, facilitam desde logo o acesso e circulação de pessoas com mobilidade reduzida. Já a casa-de-banho não está equipada para necessidades específicas. O restaurante disponibiliza também uma ou duas cadeirinhas especiais para sentar os mais pequeninos à mesa.

Fica esta sugestão para uma refeição tranquila e reparadora e, por que não, incluída num roteiro pela zona histórica do Porto, com passagem pela Avenida dos Aliados (coração da cidade Invicta), pela Ribeira, Torre dos Clérigos, Centro Português de Fotografia (a funcionar no edifício da antiga Cadeia da Relação), ou quem sabe depois de umas compras na zona comercial de Cedofeita ou Clérigos…

Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-464-Visita-ao-Restaurante-Oriente-no-Porto.html

Inserido em: 2008.01.18 Última actualização: 2008.02.02

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Pessoas > Artigos por Autor > Vanda Viegas
Consumidor Vegetariano > Viajante vegetariano