Francisco Matos, menino vegetariano Francisco Matos, menino vegetariano

Entrevista a Dalva Silva, mãe vegetariana

Dalva Silva é vegetariana e mãe de Francisco Silva Y de Matos, um menino de 6 anos (em Março 2008). Dalva era ovo-lacto-vegetariana quando engravidou e adoptou esse tipo de alimentação também para o seu filho.

HÁBITOS DA MÃE DURANTE A GRAVIDEZ E AMAMENTAÇÃO

1- Durante a gravidez que tipo de alimentação fizeste?
Durante a gravidez continuei a fazer o mesmo tipo de alimentação que fazia anteriormente: ovo-lacto-vegetariana, apesar de em situações excepcionais ter comido peixe.

2- Houve alguma alteração em relação ao que costumas comer normalmente?
Não.

3- Tomaste algum tipo de suplementos?
Tomei ácido fólico.

4- Tiveste alguns cuidados especiais de saúde durante esse período?
Não.

5- Estiveste doente ou problemas de enjoo matinal ou de outro tipo?
Tive apenas enjoos entre os dois e os quatro meses.

6- Foste acompanhada por algum médico?
Sim, pelo meu ginecologista.

7- Tomaste algum medicamento? Que tipo e para quê?
Não.

8- Informaste-te em algum lado sobre que cuidados extras ou alterações de dieta deverias ter? Onde?
Sim. Numa médica homeopática.

9- Amamentaste o teu filho? Durante quanto tempo?
Amamentei até aos 9 meses.

10- Durante o período em que amamentaste tiveste alguns cuidados especiais com a tua alimentação ou saúde? Quais?
Tive os mesmos cuidados que tinha antes de estar grávida.


ALIMENTAÇÃO DO BÉBÉ

1- A criança sempre seguiu uma alimentação vegetariana?
Sim. Embora se ele pedir para provar algum tipo de alimento fora deste tipo de alimentação nós concordamos.

2- Quais os maiores obstáculos que encontraste ao teres optado por uma alimentação vegetariana para a teu filho? Como lidaste com isso?
Não tive nenhum obstáculo. Apenas a preocupação de alguns familiares, mas que não é nada impeditiva para que ele tenha esta alimentação.

3- Deste só o teu leite ao bebé, ou de algum outro tipo? Qual? Normal ou havia específico para bebés?
Dos nove aos doze meses dei um leite de farmácia, depois disso foi sempre leite de soja.

4- Com que idade começou a comer outro tipo de comida? Que género de coisas? Como foi feita a transição?
A partir dos 6 meses, como já estava no infantário começou a comer fruta cozida e sopa passada. Depois fui introduzindo os restantes alimentos, inclusive o tofu.


PRODUTOS VEGETARIANOS E SAÚDE

1- O teu filho é acompanhado por algum pediatra? Como reagem os médicos ao facto da criança ser vegetariana?
Sim. Constatam que é uma criança muito saudável, que raramente adoece.

2- A criança já esteve doente? Com quê? Como o curaste?
Teve uma conjuntivite quando tinha cerca de um ano. Como fomos com ele às urgências receitaram-lhe um antibiótico… Quando teve varicela, apenas o mantivemos em casa.

3- Que tipo de medicamentos geralmente a criança toma: naturais ou químicos? Porquê?
Tirando as duas situações anteriores, apenas teve pequenos episódios de febre, que passam por si. Nestas situações come à base de fruta e sumos naturais.

4- Em relação à vitamina B12 tens alguma atenção especial?
Não, uma vez que come ovos e derivados do leite.

5- Em relação a outros nutrientes há mais algum que te preocupe em particular?
Não. Ele é perfeitamente saudável. Come de uma forma variada, principalmente muita fruta.


A CRIANÇA NA SOCIEDADE

1- O teu filho frequenta alguma creche? E quando a criança for para a escola, para que ele tenha uma alimentação vegetariana o que pensas fazer?
O meu filho frequentou um colégio desde os quatro meses e meio e neste momento frequenta o 1º ano do ensino básico. Em ambos os sítios acordámos com a Direcção dos Colégios que ele levaria os alimentos “vegetarianos”, como por exemplo leite de soja, salsichas, tofu, seitan (já confeccionados), para “substituir” pela carne/peixe.

2- O que acontecerá quando for convidado para uma festa de aniversário, onde haverá só praticamente comida não vegetariana, como por exemplo o bolo?
Nestas situações ele próprio faz a selecção da comida. Come bolo de anos, se gostar.

3- O que farás se um dia quiser experimentar por exemplo um hambúrguer por curiosidade ou influência de outros?
Já aconteceu. Ele provou uma vez carne… fez tipo pastilha elástica e deitou fora. Sempre que ele pede para provar nós deixamos. Ser vegetariano para ele é uma coisa normal. E claro que se sente curiosidade não o vamos proibir, até porque ele próprio rejeita. Ele prova e nós tratamos sempre de explicar o que está a provar.

4- Consideras o teu filho é uma criança saudável e bem integrada no meio que o envolve? O vegetarianismo dificultou ou favoreceu isso de alguma forma?
Ele é perfeitamente saudável, tem muita energia. É bem aceite e diz com orgulho que é vegetariano!

5- Que sugestões e conselhos gostarias de dar a pais ou futuros pais vegetarianos?
Que sejam flexíveis e sobretudo respeitem a curiosidade das crianças em provar os alimentos. Sem imposições e grandes preocupações, pois, em última instância e a determinada altura da vida, a escolha será sempre delas.


Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-473-Entrevista-a-Dalva-Silva--m-e-vegetariana.html

Inserido em: 2008.03.14 Última actualização: 2008.03.14

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Alimentação > Alimentação Infantil
Saúde > Saúde da Mulher > Gravidez e Maternidade
Pessoas > Entrevistas



Comentários



....

VC esta de parabens!!!
quero dentro de poucos anos ter um filho, e sempre penso nesse assunto, e o mais dificil eh q o futuro pai do meu bebe não eh vegetariano, sei q ele vai concordar na dieta vegetariana da criança, mas o fato dele comer muita carne pode influenciar muito a vida do nosso filho
(Por: mi)

[Por: @ 2010.06.04 - 16:24 | Responder | Imprimir ]


ola

Peço desculpa pela menssagem anterior.Eu queria dizer que admiro muito essa atitude e peço para que continuem assim e que oteu filho tenha sempre orgulho de ser o que e.Eu tambem sou ovo-lacteo-vegetariano e um dia espero vir a ter filhos tambem eles vegetarianos,visto que a minha namorada tambem o e.Fico feliz qunado vejo historias de sucesso como esta...e infelizmente a nossa sociedade ainda nao ta muito preparada para acolher vegetarianos em todos os sitios.Com opção...mas contudo,a pouco e pouco isto vai mudando e caminhando para um modo de vida.(sou vegetariano desde os meus 9/10 e tambem sinto me muito orgulhoso,mas penso que sempre tive tendencias vegetarianas) parabens!!! gostei das perguntas e principalmente das respostas. abraço com paz.

[Por: manu_art @ 2008.04.24 - 14:25 | Responder | Imprimir ]


Filhos vegetarianos

Muitos parabéns! Eu também sou ovo-lacto-vegetariana e continuei essa alimentação durante a gravidez sem problema algum, pelo contrário. Apesar de ter 37 anos foi uma gravidez excelente e un parto santo! Tb não tomei suplementos nem foi preciso nada. O meu maior problema é que o meu namorado não é vegetariano e penso que vai ser dificil incrementar o vegetariano no meu filho de 4 meses porque ele vai ver um pai a comer vegetariano e outro carne. Não sei como irei lidar com a situação!

[Por: nataliarosa @ 2008.04.05 - 21:00 | Responder | Imprimir ]


Parabéns!

Parabéns pela opção de vida, sei que um dia vou conseguir ser assim também. É muito dificil quando não se tem o apoio de ninguém, mais próximo! um dia vou conseguir...
beijos
(Por: teresa bastos)

[Por: @ 2008.03.18 - 21:02 | Responder | Imprimir ]