Produtos de limpeza e poluição

Somos constantemente bombardeados com publicidade e informação que nos faz acreditar que a nossa higiene passa exclusivamente por produtos de última geração. Mas as consequências ambientais (poluição criadas pelos constituintes químicos, testes em animais, etc.) e de saúde (inalação e contacto com a pele de constituintes químicos, etc.) são constantemente ignoradas.
A verdade é que existem alternativas minimalistas e ecológicas de limpeza e repelentes para animais.

Em casa amontoam-se frascos e embalagens que nos oferecem os mais variados produtos... Os meios de comunicação e os hábitos sociais que têm vindo a desenvolver-se levam-nos a acreditar que a nossa higiene diária passa única e exclusivamente por eles.
No entanto, nem tudo é tão limpo e reluzente como nos é apresentado.
O preço que temos de pagar a nível ambiental é grande. Para além da poluição criada pelos constituintes químicos e pelos processos de produção, acrescem ainda os problemas de transporte e reciclagem.
Outro aspecto negativo, muitas vezes omisso, é o facto do uso repetido destes produtos deteriorar a saúde do utilizador. Os compostos químicos recebidos através da inalação, do contacto com a pele e da ingestão, nem sempre são completamente inócuos. De igual modo, alguns produtos químicos controversos continuam a ser usados em maior ou menor escala.
O utilizador vai acumulando substâncias tóxicas, compostos ou metais pesados, que a longo prazo provocarão doenças. Doenças como o cancro, a trombose, as alergias, os problemas de coração, a asma... (cada vez mais comuns), são principalmente provocadas pelos actuais hábitos de consumo e modo de vida.

Outro ponto é que, para tranquilizar as/os consumidoras/es, quase todos os produtos são testados antecipadamente em animais. Estes são submetidos a experiências horrendas que lhes provocam um intenso sofrimento. As experiências podem durar meses e só terminar com a morte da cobaia. Assim, milhares de seres vivos estão em cativeiro nos laboratórios, à espera que lhes ponham produtos de limpeza nos olhos, em feridas abertas ou em qualquer outro sítio. Mesmo depois de demonstrado e provado que os resultados nem sempre são válidos para seres humanos.
Os massacres continuam cada vez mais, embora possam ser substituídos por outros métodos eticamente mais enquadrados e cientificamente mais sustentáveis. Algumas alternativas são o cultivo de bactérias e estudos protozoários, cromatrografia de gás e espectrometria de massa, simulação com modelos matemáticos ou mecânicos, entre outras. Os únicos obstáculos são essencialmente o custo económico e a resistência natural do homem à mudança.


Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-55-Produtos-de-limpeza-e-polui--o.html

Inserido em: 2002.05.09 Última actualização: 1999.11.29

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Meio Ambiente > Ambiente e intervenção