Romana Romana

Entrevista com Romana

Este ano, a cantora Romana aceitou o desafio de apadrinhar a 3ª Semana Vegetariana.
Por isso, o Centro Vegetariano foi ao seu encontro, para saber mais sobre esta famosa cantora e o seu interesse pelo vegetarianismo e um estilo de vida mais saudável e ético.


1. Com que idade e porque te tornaste vegetariana?

Aos 16 anos. No dia em que vi uma carrinha de um matadouro parar ao meu lado, olhei para o lado e vi um vitelo a olhar para mim. Naquele momento os olhinhos dele parece que falaram comigo, e consegui sentir tudo o que ele estava a sentir, sofrimento, tristeza, pânico, etc... E pensei, “eu não quero contribuir para isto, não quero ingerir toda esta energia negativa, a natureza deve ser respeitada e como tal dá-nos tudo o que precisamos”, e a partir desse dia nunca mais fui capaz de tocar num pedaço de carne. Já o peixe, deixei um pouco mais tarde, fui reduzindo até perceber que para além de “sobrevivermos” vivemos muito melhor com uma alimentação vegetariana, com mais harmonia emocional e mais sensibilidade para com o mundo, e todos os seres.

 

2. Tens alguns cuidados especiais com a tua alimentação e saúde?

Comecei na alimentação vegetariana sem quaisquer cuidados ou suplementos, pois não tinha conhecimento, entreguei-me por sentimento. E mais tarde quando decidi ser mãe procurei informar-me melhor, recorri ao IMP (Instituto Macrobiótico de Portugal) onde tive toda a informação que necessitava para poder ter todo o equilíbrio nutricional que precisava. A partir daí já tenho os meus métodos de culinária, suplementos e é só usar os ingredientes do Amor e criatividade e faço pratos deliciosos.



3. Desde que te tornaste vegetariana, notaste algumas melhorias na tua saúde, energia e disposição?

Notei essencialmente que fiquei mais tranquila, menos ansiosa, mais leve, com a mesma energia, mas mais bem encaminhada, e muito mais feliz, pois sinto-me mais em paz com a natureza.

 

4. Alguma vez encontraste obstáculos à tua alimentação, nomeadamente quando andas em viagens ou espectáculos?

De facto quando ando em viagens e espectáculos não encontro tofu, seitan, soja, ou algas, mas alimento-me à base de legumes salteados, frutas, frutos secos. Existe sempre uma forma de inventar um novo prato com o que se encontra, pois a nossa variedade alimentar é muito mais vasta.

 

5. Tens uma filha pequenina. Ela também é vegetariana? Que preocupações tens com a sua alimentação?

Sim, a minha filhota tem 6 anos e também é vegetariana. Desde a minha barriga a Ísis alimenta-se saudavelmente com tudo o que é bom. Aprendi a cozinhar desde vitaminas, a papinhas, sopinhas tudo com a Eugénia Varatojo que é e foi o anjo que me deu orientação inicial. Procurei também um pediatra especial que a tem acompanhado e também a nossa médica de família, tudo 5 estrelas. Só tenho a dizer que a Ísis nunca bebeu leite de vaca, e nunca teve otites, amigdalites, etc... nunca tomou um antibiótico e é uma criança que sabe o que come, e tem consciência do que é a carne e tudo mais... Não a proibi nunca de comer seja o que for, ela mesma não sente essa necessidade, sente-se bem assim, e na nossa casa somos todos vegetarianos, pai, mãe e filha.

 

6. Consideras que é fácil ser-se vegetariano em Portugal?

Dizem que a alimentação vegetariana é muito mais cara, mas não é uma realidade. A alimentação vegetariana é mais barata e muito mais saudável, infelizmente estamos é muito mal informados. Não considero nada difícil ser-se vegetariano em Portugal ou em qualquer canto do mundo, pois querer é poder.

 

7. Qual a tua relação com os animais? Tens ou já tiveste algum animal doméstico?

Adoro animais, aliás como já disse, é inteiramente por respeito e amor para com eles que eu não toco num pedaço de carne. Neste momento só tenho um cãozinho, a minha vida não me permite ter mais. Até das formiguinhas eu gosto.

 

8. E quanto ao meio ambiente, no teu dia-a-dia tentas ter algumas atitudes ecológicas?

Cada vez mais estou atenta em não usar nada que seja testado em animais, faço reciclagem, uso o máximo possível de produtos ecológicos e biológicos e passo todos esses princípios à minha filhota que também respeita muito a terra mãe.

 

Cantora Romana9. O teu último álbum é diferente dos anteriores. Por exemplo, a música “Fala-me Vento”, escrita por ti, tem uma mensagem bastante marcante. No futuro, podemos esperar uma Romana mais interventiva?

O futuro a Deus pertence, mas no presente cabe-me a mim semear algo que queira vir a colher mais tarde. Então a nível musical vou fazendo as minhas “experiências”, e passo a passo deixo que a vida me mostre os seus planos para mim. A mensagem é forte através da música sem dúvida, mas também é forte pela nossa atitude e postura na vida. “O fala-me vento” é uma mensagem simples e muito subtil para despertar docemente a consciência do ser adormecido. Mas evolução está sempre nos meus planos sim, e o caminho é sempre em frente.

 

10. Para terminar, que mensagem gostarias de deixar aos leitores?

Sejam felizes, façam outros felizes e receberão sempre o retorno da felicidade e prosperidade na vossa vida. Lembrem-se sempre, mente sã, corpo são e alma plena, alimentem-se de amor e receberão saudavelmente muito amor e gratidão da vida e do infinito Universo.


O Centro Vegetariano agradece à cantora Romana a disponibilidade e o apoio à Semana Vegetariana.




Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-559-Entrevista-com-Romana.html

Inserido em: 2010.09.18 Última actualização: 2010.09.18

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Pessoas > Artigos por Autor > Cristina Rodrigues
Pessoas > Entrevistas
Pessoas > Artigos por Autor > Mateus Mendes



Comentários



Pediatra

Boa tarde,

há possibilidade de me partilharem qual é o pediatra especial que a Romana tem?

Tenho um bebé e quero encontrar um pediatra que aceite as nossas opções alternativas e ainda não encontrei. Vivo na zona centro do país e está a ser mesmo muito difícil encontrar um pediatra de mente aberta ou mesmo um médico de família.

Espero que me ajudem. Obrigada
(Por: Carla)

[Por: @ 2010.09.19 - 17:55 | Responder | Imprimir ]

Re: Pediatra

A Romana refere que é acompanhada pela Eugénia Varatojo do Instituto Macrobiótica.
Em http://www.centrovegetariano.org/Article-341-M%25E9dicos%252C%2BNutricionistas%2Be%2Boutros%2BProfissionais.html tens uma lista de médicos e nutricionistas que apoiam o vegetarianismo.


[Por: cris @ 2010.09.19 - 17:58 | Responder | Imprimir ]