Chá de laranja e toranja Chá de laranja e toranja

A Toranja

A Toranja é um fruto muito rico em Vitamina C e em glúcidos redutores (açúcares directamente assimiláveis). Possui propriedades semelhantes às de todos os citrinos (laranjas, tangerinas, limões), embora seja mais sumarento e menos ácido que o limão e, tal como estes, é um fruto das estações frias, Outono / Inverno. A sua produção em Portugal é reduzida, encontrando-se alguma apenas na região do Algarve, sendo a grande maioria proveniente de importação o que faz com que se encontre à venda durante quase todo o ano.

Segundo o Prof. Nicolas Capo, a toranja contém 3,5% de ácido cítrico, 4% de ácido tartárico, 5% de cálcio, entre outros sais minerais orgânicos. À semelhança de todos os citrinos, é rica em flavonóides que são poderosos antioxidantes e é, igualmente, como todos os da sua família, um fruto anti-cancerígeno. Segundo o Dr. Nuno R. C. Melo, N.D., o consumo diário de citrinos e cenouras contribui para taxas mais baixas de cancros (especificamente cancro do estômago e do pâncreas).

Por exemplo, um sumo de toranja, maçã, cenoura e lima (ou limão) é um excelente anti-cancerígeno (bebido três vezes por dia, em jejum e fora das refeições).

A toranja está tradicionalmente indicada em curas de emagrecimento, é diurética e é um excelente drenante do fígado. Para este efeito, problemas de fígado gordo e intoxicado, é indicado um sumo de toranja com gengibre e hortelã que deve ser bebido em jejum.

Ainda segundo o Dr. Nuno R. C. Melo, N.D., o uso diário de toranja, em fruto mas preferencialmente em sumo, permite deslocar os depósitos existentes nas artérias e nos vasos sanguíneos contribuindo, assim, para prevenir a arteriosclerose.

Indicações terapêuticas: Arteriosclerose, artrite, areias, alergias, angina, anorexia, afecções hepáticas, afecções respiratórias, cancro, candidíase, dermatoses (eczemas e outras), gota, indigestões, inflamações diversas, reumatismo, tuberculose, úlceras de estômago. É igualmente indicada para tratar problemas de alcoolismo. Ajuda a diminuir os níveis de colesterol e, não menos importante, fortalece o Sistema Imunitário.

Deve ser consumida em jejum, bem distanciada das refeições. Os tratamentos podem ir de 3 a 15 dias, consoante os casos (aconselhe-se sempre com um profissional de medicina natural). No Outono, é especialmente indicado o seu uso profilático funcionando como “vacina” natural contra as gripes e constipações do Inverno, podendo inclusive ser tomado o seu sumo puro concentrado (Citrobiotic), de forma gradual durante um período de 10 a 15 dias.

Chá de toranja para Outono-Inverno: Num litro de água, ferve durante 10 minutos: casca de toranja, casca de laranja, casca de limão, 4 anis estrelados. No fim junta 2 rodelas de gengibre, desliga e deixa de infusão 15 minutos. Bebe quente 2 a 3 vezes por dia e antes de deitar.

Nota: para que este chá seja terapêutico, utiliza apenas produtos biológicos (as cascas de frutos não biológicos estão carregadas de produtos químicos tóxicos).


Referências:
“Compêndio de Ciências do Homem, da Alimentação e Nutrição Humana”, de Dr. Manuel R.C. Melo, N.D., Plátano Editora
“Medicina Popular”, João Ribeiro Nunes, Litexa Editora
“Vitaminas e Minerais – Para Uma Vida Saudável”, Karen Sullivan, ed. Konemann
“Coma e Cure-se”, Dr. Andrei Dracea, ed. Bodywell

 



Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-565-A-Toranja.html

Inserido em: 2010.11.13 Última actualização: 2010.11.13

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Alimentação > Alimentos > Frutos
Pessoas > Artigos por Autor > Paula Soveral