Faça da sua vida uma paleta cheia de cor

Acredito que a natureza é perfeita no seu todo, e apesar de não lhe mostrarmos da melhor forma o nosso agradecimento por tudo o que nos proporciona, ela continua a oferecer-nos os seus bens, que nem sempre sabemos aproveitar como deveríamos.
Para além dos muitos materiais que aproveitamos para construir casas, brinquedos, roupa, etc, ela coloca ao nosso dispor todo um conjunto de substâncias que têm a função de nos constituir, de promover e manter a nossa saúde, através dos alimentos. São os nutrientes.

Se repararmos bem nas variadas cores dos alimentos, elas podem contar-nos a história dos seus super poderes promotores da boa saúde.

Podemos classificar os alimentos quanto aos seus benefícios e à sua riqueza, de acordo com as suas cores.

Estas cores de que falamos são definidas por pigmentos, que para além das cores, têm papel importante na protecção e manutenção do organismo contra as doenças. Cada cor define uma função, assim como o verde na natureza, está associado à clorofila, responsável pela transformação da luz solar em energia, as restantes cores têm as suas funções bem definidas.

Através de uma escolha variada dos alimentos que consumimos diariamente, podemos obter uma completa e rica fonte de nutrientes. Desta forma podemos considerar que estamos a fazer uma alimentação saudável, e variar é a palavra de ordem.

A vantagem para os vegetarianos é que consomem (devem), boas quantidades de produtos hortícolas e frutas, o que lhes permite desfrutar de uma alimentação mais rica, logo mais protectora da sua saúde.

Não é por acaso que os estudos referem que os vegetarianos têm menor incidência de doenças como colesterol, diabetes tipo II, hipertensão, alguns tumores, como o cancro, da mama ou da próstata e doenças cardiovasculares. do cólon

Faça da sua vida um quadro colorido usando a magnífica paleta de cores que a Terra nos oferece. Observe!

 

COR – ALIMENTOS

FUNÇÕES

VERDE – espinafres, ervilhas, favas, pimento, abacate, salsa, maçãs verdes, kiwi, lima, espargos, brócolos, couve-de-bruxelas, couves, repolho, feijão verde, rúcula, etc.

Contém clorofila, vitamina A e enzimas importantes para o funcionamento do fígado, responsáveis por destruir substâncias cancerígenas.

Têm poder desintoxicante e inibidor dos radicais livres. São protectores do coração, do cabelo e pele, e são importantes na saúde da visão.

AMARELO/LARANJA pêssego, mamão, manga, cenoura, laranja, abóbora, damasco, milho, limão, nectarinas, papaia, tangerinas, maçãs amarelas, sumo laranja, dióspiro.

São ricos em vitamina C, B3 e ácido clorogénico, substâncias que trabalham na promoção de um saudável funcionamento do sistema nervoso e do sistema imunitário, na prevenção de alguns cancros, como o da mama.

Também são ricos em beta-caroteno, que tem importante poder antioxidante, funcionando como um protector geral do organismo, especialmente do coração.

VERMELHO tomate, goiaba, framboesa, cereja, morango, melancia, maçã, batata vermelha, romã, etc.

Contêm um pigmento designado de licopeno, que tem função antioxidante associado à prevenção do cancro da próstata. Possuem também antocianinas, uma substância estimulante da circulação sanguínea, que impede a formação de coágulos e anti-mutagénica.

ARROXEADOS – uva, ameixa, figo, beterraba, repolho roxo, vinho tinto, milho roxo, etc

Contêm ácido elágico, que tem capacidade de retardar o envelhecimento e importante poder anti-cancerígeno. Importantes para a memória.

BRANCOS – alho, cebola, alho francês, cogumelos, couve-flor, nabo, endívias, batata, arroz, espargos brancos, soja, feijão branco, etc.

São na sua maioria boas fontes de cálcio e potássio. São também ricos em vitamina C, fósforo, flavonóides, ácido fólico.

Contribuem assim para a formação e manutenção dos ossos e músculos.

Importantes na regulação do ritmo cardíaco e fundamentais para o funcionamento do sistema nervoso.

Por exemplo a cebola, tem a quercetina, um antioxidante importante contra a formação de células cancerígenas.

O alho tem a alicina, importante contra as infecções e os espargos possuem a asparagina, substância que estimula os rins e funciona como desintoxicante e purificante do organismo.

CASTANHOS – nozes, aveia, cereais integrais, feijão, castanhas, etc.

São os alimentos ricos em fibras e vitaminas do complexo B e vitamina E. São vitais para o funcionamento intestinal, importantes no combate à depressão e ansiedade. Também possuem funções de protecção contra doenças cardiovasculares e função anti-cancerígena.

 

Agora que já conhece a importância de fazer uma alimentação variada e colorida, o que significa rica em nutrientes, de que é que está à espera?

Quanto mais colorido for o seu prato, maior é a garantia de estar a aproveitar os benefícios dos nutrientes e a contribuir para uma vida saudável.

VIVA BEM, BOM APETITE!

 

Glossário:

Radicais livres São moléculas formadas através do metabolismo das nossas células. É um processo normal no organismo humano, mas se essa formação ocorrer em quantidades exageradas, estes passam a ser nocivos, danificando as nossas células e comprometendo as funções normais do organismo. Também se podem formar através de factores como poluição, radiação ultravioleta, tabaco, álcool, pesticidas, stress, gordura saturada, etc. Uma alimentação cuidada, rica em verduras e frutas, é a melhor maneira de prevenir os malefícios dos radicais livres, através dos antioxidantes.

Ácido clorogénico - Composto fenólico de ocorrência natural nos alimentos. O café e as frutas são as maiores fontes de ácido clorogénico na alimentação e estudos epidemiológicos têm sugerido a associação entre o consumo destes alimentos e a prevenção de algumas doenças. Tem sido descrito como um potente antioxidante.

Antioxidantes - Chamam-se antioxidantes às substâncias capazes de combater os radicais livres, podendo considerar-se como protectores do organismo. Algumas são nutrientes essenciais conhecidos, como a vitamina A e o beta-caroteno, e as vitaminas C e E, zinco, selénio, etc. Uma alimentação saudável e equilibrada é a melhor forma de proteger a nossa saúde.

Beta-caroteno - O beta-caroteno é um caratenóide, dos mais de 600 existentes na natureza. Os caratenóides são pigmentos, existentes nas plantas, que vão do amarelo ao vermelho. O beta-caroteno é importante pelo facto de dar origem ao aumento dos níveis de vitamina A. O beta-caroteno tem propriedades antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres. Muitos cientistas acreditam que o consumo de frutas e vegetais ricos em beta-caroteno exerce um efeito protector contra o desenvolvimento de alguns cancros.

Licopeno - é um outro caratenóide, responsável por dar cor vermelha a alguns alimentos, como o tomate, a melancia, goiaba, etc. Mas é no tomate que se encontra em maior concentração. É um antioxidante que apresenta propriedades anticancerígenas. É duas vezes mais potente que o beta-caroteno na função de neutralizar os radicais livres. É considerado um "nutracêutico", o que significa, um alimento com propriedades funcionais e de saúde. Com acção comprovada na prevenção do cancro da próstata. O licopeno tem uma maior absorção se o tomate for consumido cozinhado.

Antocianinas – Quimicamente pertencem ao grupo dos flavonóides. São também pigmentos antioxidantes responsáveis por uma grande variedade de cores de frutas, flores e folhas, que vão do vermelho-alaranjado, ao vermelho vivo, roxo e azul. Em particular, são os responsáveis pela cor rubi-violáceo (cor "bordô") do vinho tinto jovem. Segundo estudos, a antocianina é importante na prevenção da degeneração celular. Em combinação com o ácido elágico desenvolve uma potente prevenção contra certos tipos de cancros.

Ácido elágico - é um composto fenólico, encontrado principalmente nos frutos vermelhos, uva, morango, framboesas e também nas nozes. É responsável pela coloração vermelha desses frutos, que ajuda a atrair insectos para a polinização e também protege contra pragas. Suspeita-se que o composto é capaz de prevenir o envelhecimento precoce das células e também a formação de tumores. As pesquisas não só comprovam a sua actividade antioxidante, mas também as suas propriedades protectoras contra inflamações crónicas (reumatismo, artrite), colesterol. Alguns estudos ainda referem que o ácido elágico tem propriedades inibidoras da replicação do vírus HIV.

Flavonóides - Mais uma vez, são pigmentos naturais presentes nos vegetais, fornecendo coloração amarela, vermelha ou azul. Embora não sejam considerados vitaminas, os flavonóides têm várias funções nutricionais, funcionando especialmente como protectores contra agentes oxidantes como raios ultra-violeta, poluição ambiental, agentes químicos, tendo alguns, propriedades anti-inflamatórias. Como não podem ser sintetizados pelo nosso organismo, devemos consumi-los através dos alimentos, frutos, legumes, chá verde, vinho, cerveja.

Quercetina - É um flavonóide, e possui, como tal, propriedades antioxidantes. Mas também está descrita como detentora de qualidades farmacológicas, tais como anti-inflamatória, anti-carcinogénica (actuando no sistema imunológico), anti-viral, influencia na inibição de cataratas em diabéticos, anti-histamínicas (antialergénicas), cardiovascular, etc. Tem papel importante na prevenção de doenças degenerativas. É encontrada em elevadas concentrações em maçãs, cebolas, chá, brócolos e vinho tinto.

Alicina - É um princípio activo presente no alho,  responsável pelos seus benefícios medicinais, pelo odor e pelo sabor. Tem sido descrito por possuir variadas características protectoras da saúde, desde anti-séptico, antibiótico, anti-inflamatório, anti-viral, função reguladora na hipertensão, do colesterol e na melhoria de problemas de circulação.

Asparagina - A asparagina é um derivado do ácido aspártico. É um aminoácido não essencial, fundamental na síntese de um grande número de outras proteínas. Pode ser utilizada para normalizar as funções celulares do cérebro e do Sistema nervoso central em geral (SNC). Também é entendida como diurética e sedativa.

 

Autoria: Cláudia Maranhoto (dietista)



Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-572-Fa-a-da-sua-vida-uma-paleta-cheia-de-cor.html

Inserido em: 2011.03.19 Última actualização: 2011.03.19

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Alimentação > Alimentação Vegetariana
Saúde > Nutrientes essenciais
Pessoas > Artigos por Autor > Cláudia Maranhoto



Comentários



dá côr à vida

Bonito artigo:)
Obrigado
(Por: gabrielsoares)

[Por: @ 2011.03.28 - 20:35 | Responder | Imprimir ]