Razões económicas para uma dieta diferente

Embora a crença generalizada possa ser do contrário, ser vegetariano pode permitir poupar dinheiro! Existem muitos tipos de vegetais, cereais, frutas, nozes e uma enorme variedade de outros produtos disponíveis no mercado. Bem equilibrados dão facilmente um bom substituto de carne ou peixe a um preço mais baixo.
Por exemplo, meio quilo de soja custa menos de 2 euros e dá para cerca de 8 doses individuais.

Vantagem económica global
Economicamente, a dieta omnívora tem produzido tragédias. Nas últimas décadas a produção de grãos, só nos EUA, aumentou em quase 100%. Mas calcula-se que actualmente os rebanhos americanos consomem 85% de todo o milho, cevada, aveia e soja produzidos e não exportados.
Uma extensa porção do país é utilizada para produzir carne de vaca--uma terra que poderia ser usada para cultivar alimentos vegetarianos e alimentar muito mais pessoas do que a carne produzida é capaz...
33% dos grãos produzidos no mundo e 70% dos grãos produzidos nos USA são para alimentar os animais criados para o nosso consumo.
Muitas das nações em desenvolvimento plantam e exportam grãos para alimentar o gado das nações Ocidentais, enquanto que a sua população morre de fome.
A maioria das pessoas concorda que desperdiçar comida não é uma atitude correcta, nem económica. Contudo, todo o esforço e energia para produzir cerca de 1 quilograma de proteína de carne desperdiça cerca de 16 quilos de proteínas de grãos. Este desperdício, apenas nos Estados Unidos, seria suficiente para cobrir 90% do extit{déficit} anual de proteína no mundo inteiro.
Ser vegetariano reduz também os custos com a saúde pública.

Sem dúvida, e como já Albert Einstein disse, ”se o mundo inteiro adoptar o vegetarianismo, isso poderá modificar o destino da humanidade”, e poderá haver muito menos pessoas subnutridas ou a morrerem de fome um pouco por todo o mundo.

Alguns números
Se criarmos um boi nos 4 hectares necessários, teremos 39 quilos de proteína após quatro anos (o período que ele precisa para estar apto a ser consumido). Se plantarmos arroz nesta mesma área e no mesmo período de tempo, obteremos 1520 quilos de proteína. Isto sem contar com os demais nutrientes.
Um adulto com 70 quilos consome cerca de 70 gramas de proteína por dia, o que significa que, se criarmos gado, teremos proteína para cerca de um ano e meio. Se, pelo contrário, plantarmos arroz, teremos cereal para alimentar este homem durante cerca de 60 anos. Em poucas palavras, isto significa multiplicar o número de pessoas que poderiam ser alimentadas numa mesma área e no mesmo espaço de tempo.

Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-67-Raz-es-econ-micas-para-uma-dieta-diferente.html

Inserido em: 2002.05.09 Última actualização: 2008.04.14

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Aos iniciados... > Razões para ser vegetariano