A Ervanária e o Sistema Nervoso

Em nenhum outro sistema do nosso organismo existe a ligação entre aspecto físico e aspecto psicológico que existe no sistema nervoso!
A medicina ortodoxa tende a reduzir os problemas psicológicos a um nível bioquímico, assumindo que medicamentos “apropriados” resolverão o problema, ou então “escondê-lo-ão” o suficiente, para que possamos retomar a nossa “vida normal”!Paradoxalmente, algumas técnicas no campo da medicina complementar assumem ou implicitam o outro extremo: que os factores psicológicos são a causa de todas as doenças.
Assim sendo, o tratamento da psique será, portanto, a única forma de cura, dando origem à cura de doenças.
Esta é uma aproximação à holística.
Uma abordagem holística visa o sistema nervoso e as suas funções como um elemento vital no tratamento do ser por inteiro. Para sermos verdadeiramente saudáveis, temos de cuidar da nossa saúde física através de uma dieta cuidada e da implementação de um sistema de vida saudável, mas também temos de ser responsáveis pelos cuidados com a nossa vida espiritual, emocional e mental. Deveremos encarar a vida como um elemento de auto-satisfação, alimentando o ambiente que suporta a nossa estabilidade emocional.
Os nossos pensamentos deverão ser criativos, abertos ao livre fluxo da intuição e da imaginação, em vez de os preterirmos em favor de conceitos pré-concebidos e rígidos.
Da mesma forma, também devemos estar abertos ao fluxo livre das energias superiores das nossas almas, sem as quais o equilíbrio da saúde mental e física será impossível.
A medicina natural pode ser uma ferramenta ecológica e espiritualmente integrável; as plantas são benéficas para o sistema nervoso, de inúmeras maneiras, incluindo a estimulação e o relaxamento.
Na medicina natural ocidental da actualidade, é comum a diferenciação entre 3 tipos de plantas que actuam no sistema nervoso, inseridas num grupo conhecido como nervines: as nervines tónicas, relaxantes ou estimulantes.
Uma nervine é uma planta medicinal que tem, de algum modo, um efeito benéfico sobre o sistema nervoso.
Isto traduz-se na palavra “nervine”, que é uma expressão que engloba tudo, e o seu estudo permite a diferenciação e a sua classificação nas diversas categorias.
Embora supérfluo que possa parecer, gostaria de apontar que, para tratar com sucesso qualquer problema do sistema nervoso, com plantas, terá de se envolver todo o corpo, coração e mente, e não simplesmente os sinais de agitação e preocupação.
Claro que a agitação pode ser grandemente reduzida, mas todo o organismo deverá ser fortalecido perante a tempestade!
As subdivisões das nervines englobam:
Nervine/relaxantes: bálsamo, black cohosh, papoila californiana, camomila, lavanda, lúpulo, motherwort (erva-da-mãe), flor do maracujá, St. John’s Wort (erva de S. João), Skullcap, valeriana.
Nervine/estimulantes: Kola, café, mate, gotu kola, guaraná
Nervine/tónico: Erva de S. João, skullcap, aveia
Hipnóticos: Papoila Californiana, camomila, lúpulo, flor do maracujá, valeriana
Anti-espasmódicos para problemas musculares: valeriana, cramp bark, black haw
Anti-depressivos: Mugwort, St. John’s Wort, Damiana, Vervain, Lavanda, Aveia e Balm
Adaptogéneos: Ginseng, Panax, Koreano e Siberiano
Analgésicos: Jamaican Dogwood, Wood Betony, Jasmim Amarelo

Anti-espasmódicos activos noutros sistemas do nosso organismo:

Sistema Circulatório: linden, visco europeu, motherwort, cramp bark, valeriana
Sistema Respiratório: Alface selvagem, lobélia, cereja selvagem, gumweed
Sistema Digestivo: camomila, cramp bark, lemon balm, valeriana, lúpulo, hortelã-pimenta, wild yam, fennel
Sistema reprodutivo: cramp bark, black haw, pasque flower, valeriana, skullcap


Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-76-A-Ervan-ria-e-o-Sistema-Nervoso.html

Inserido em: 2002.05.09 Última actualização: 1999.11.29

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Pessoas > Artigos por Autor > Sandra Almeida
Saúde > Medicinas Alternativas