Agnocasto: para além da castidade

História do Agnus castus

Esta árvore é uma das mais antigas na aplicação das fito-medicinas.
Tal como o historiador grego Plínio, o Velho, Hipócrates, Teofrast e Dioscorides, todos eles fizeram referência às suas propriedades, como supressor da líbido, como auxiliar no nascimento de crianças e no tratamento de maleitas femininas.A Igreja Católica e os Ingleses aplicavam-na como supressora da líbido, para ajudar os monges a perpetuar os seus votos de castidade.
Antigos médicos americanos usavam a Agnocasto para aumentar a lactação nas mulheres.

Na realidade, não existem provas documentadas em que a utilização desta árvores possa diminuir o desejo sexual, mas existem, sim, diversos estudos e resultados em antigos manuais, em que esta foi empregue para alívio de sintomas idênticos ao que hoje reconhecemos como Síndroma Pré-Menstrual, e dos resultados do corpus luteum.

O corpus luteum é um pedaço de tecido glandular no ovário e que segrega progesterona, a fim de preparar o útero para a implantação.
O problema conhecido como fase luteal ocorre quando a secreção de progesterona é anormalmente baixa, tendo como resultado períodos menstruais frequentes ou densos, falta de ovulação, quistos nos ovários ou mesmo ausência de períodos menstruais.

Um produto largamente vendido nos Estados Unidos e em alguns países europeus, o Vitex Agnocasto, faz com a que a produção de progesterona aumente, curiosamente, não possuindo actividade hormonal directa, não sendo, assim, um fitoestrogéneo.
Da mesma forma, a hiperprolactinemia (produção excessiva de prolactina) é algo comum nas mulheres que foram diagnosticadas como tendo uma fase lucteal defeituosa (cerca de 70%), sendo o Vitex Agnocasto também ideal para corrigir este problema.

O Agnocasto é indicado para
- Síndrome Pré-menstrual
- Dores pré-menstruais nos seios
- Infertilidade devido a problemas de ovulação
- Problemas menstruais, incluindo hipermenorréia, polimenorréia, amenoréia e sangramento ovulatório
- Hiperprolactinemia
- Lactação deficiente ou insuficiente
- Fibróides uterinas
- Quistos nos ovários
- endometrioses

Sinónimos

farmácia

Fructus Agni-casti

chinês

Mai ya, Huang jing zi

holandês

Agnus castus

inglês

Hemptree, Agnus castus

francês

Arbre au poivre

alemão

Mönchspfeffer

italiano

Agnocasto

português

Flor da castidade, Árvore da castidade, Agno casto, Pimenteiro silvestre

sueco

Munkpeppar



Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-77-Agnocasto--para-al-m-da-castidade.html

Inserido em: 2002.05.09 Última actualização: 1999.11.29

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Saúde > Medicinas Alternativas
Pessoas > Artigos por Autor > Sandra Almeida
Saúde > Sexualidade



Comentários



agnus castus

Eu gostei muito da informação que encontrei sobre o agnus castus, gostaria de saber onde encontrar o produto, pois a TPM, é terrivel.

grata

IRACI
(Por: Iraci Maria da Silva)

[Por: @ 2009.03.01 - 01:38 | Responder | Imprimir ]


AGNUS Castus

Gostei muito das informações. Apareceu hipertensão em mim decorrente do climatério e consultei os melhores especialistas e apenas me receitavam remédios para abaixar a pressão e nos dias que era para menstruar nemhum remédio controlava e nos outros dias não precisa nem tomar. Graças a Deus consultei um ginecologista homeopata e comecei o tratamente há três semanas e estou me sentindo melhor. Estou tomando Agnus Castus e ela abaixa minha pressão e viscum album também. Minha menstruação parou há 1 ano e meus exames de hormônio estão normais. Meu médico homeopata diagnosticou com desequilibrio hormonal. Também estou fazendo acumpuntura e estou me sentindo melhor.
Todas as mulheres nesta fase deveriam procurar a medicina natural.
Marta. Pedagoga.
Marta Aparecida Rosa

[Por: @ 2005.10.10 - 24:00 | Responder | Imprimir ]