Os Remédios Florais de Bach

A Natureza é perita em demonstrar a sua supremacia nos tratamentos de doenças variadas, inclusive aquelas que nos surgem devido à intensificação dos modos de vida actuais.
Entre os finais do século 19 e princípios do século 20, o Dr. Edward Bach (1886-1936), um médico homeopata inglês, diplomado em saúde pública, acreditou no poder da mente sobre a manutenção de uma saúde perfeita, e mesmo na sua época de estudante de Medicina, era uma pessoa extremamente interessada nos próprios pacientes, e não apenas nas suas doenças.Ele sentia que o simples tratamento aos problemas físicos não era suficiente, devido à sua ligação com o estado emocional dos pacientes.
A sua filosofia era simples: " A doença é o resultado completo entre o conflito entre a nossa própria moral e espiritual. A saúde e a alegria resultam do estado de harmonia com a nossa própria natureza, e desempenhando os trabalhos que nos servem individualmente!"
Edward Bach acreditava na possibilidade de que a aflição do coração e do espírito eram as causas dos sintomas físicos, e que os nossos medos, ansiedades e preocupações abriam portas, no nosso corpo, às doenças.
Conforme ele foi explorando jardins e bosques, ele apercebeu-se de que, se o fizesse sob o estado de ansiedade ou aflição, ele procuraria por uma determinada flor, a qual fosse a indicada para curar esses estados perturbadores. Obteve, assim, um sucesso notável, embora não conseguisse obter uma justificação científica para tal.
Bach desenvolveu 38 remédios à base de flores, os quais foram por ele aplicados em tratamentos a pacientes como indivíduos, e não na generalidade de uma doença.
Estes remédios ajudariam a eliminar a aflição ou stress, e a promover o balanço e a harmonia nas nossas vidas.
Os remédios à base de flores são aplicados a diversos estados de doenças, causadas por traumas, stress, ansiedade, depressão e muitos outros estados emocionais. Estes remédios são seguros, e não entram em conflito com outro tipo de medicamentação, não possuindo sintomas colaterais negativos.
Pessoas de todas as idades podem usufruir destes tratamentos, incluindo crianças e pessoas de idade avançada, podendo ser também aplicados em animais, pois estes remédios transformam atitudes negativas em positivas, induzindo o corpo a curar-se a si próprio, ao mesmo tempo que aumenta o potencial de um indivíduo.
Estes remédios são feitos com flores não-venenosas e, actualmente, muitas pessoas usam essências florais para ajudá-las com os problemas do "estado de espírito e do coração". Dos muitos criados por Bach, existe um, para problemas gerais, que é aplicado em casos de acidentes, emergências, ataques de pânico, quedas, exames nervosos, más notícias, pesadelos nocturnos, terrores repentinos, alarme e choque, que tem o nome de "Rescue Remedy", com uma tradução aproximada de "Remédio de salvamento", e que possui uma combinação de várias flores, o qual é constituído por: Estrela de Belém, Rosa de Pedra, cereja, impatiens (ou alegrias-da-casa) e Clematis.
Um dos casos mais interessantes, em aplicação para animais, foi um cavalo, o qual perdeu a sua sanidade após um terrível acidente, e que foi tratado com a aplicação destas gotas na sua água, recuperando ao fim de alguns dias.
Várias pessoas, com crises agudas de stress, fizeram o seguinte tratamento com o "Rescue Remedy": colocaram algumas gotas sob a língua, entraram em meditação profunda, e, depois de 20 ou 30 minutos, sentiram um "click" na zona do cérebro, sentindo a sua energia mental renovada.

Aplicação destes remédios:
Ir ao fundo da questão

Se acaso for da sua vontade enveredar por estes tratamentos, a primeira preocupação será tentar descobrir o que estará na origem dos seus sintomas; faça a si próprio uma série de perguntas:
" porque me sinto com medo?"; "porque estou eu preocupado?"; "qual é a causa das minhas ansiedades?"; "porque me faltará a confiança?"; "porque me estou a sentir infeliz?"; "porque me sinto exausto?".
Da mesma forma, é importante delinear a sua personalidade, se é tímido, sociável, confiante, etc, sendo mesmo aconselhável fazer uma lista escrita dos seus sentimentos, pois isto fará com que mostre a si próprio sentimentos que nem pensava existirem, num determinado momento, revelando um panorama emocional que por vezes nem sabemos que existia.

Como fazer um tratamento:
Bach criou uma variedade de 38 diferentes remédios ou tinturas, as quais são concentradas e preservadas numa solução alcoólica. Cada uma é única e possui as suas próprias qualidades.
Depois de tentar escrutinar e identificar os seus problemas, veja através da lista no final deste artigo, quais seriam as preparações de que necessitaria. Poderá ser apenas um, mas também podem ser necessários vários para um tratamento eficaz.
Mesmo que tome o remédio errado, isto não causaria dano nenhum, pois não existirão quaisquer efeitos. Apenas deverão existir cuidados relativamente ao álcool existente em cada solução, pois embora sejam doses diminutas, para quem sofre de alergias pode constituir um problema. Seja, portanto, cuidadoso.
Depois de decidir qual a combinação ideal para o seu tratamento, tome duas gotas desta, diluídas num copo de água, devendo beber-se aos golinhos, com intervalos.
Se o problema exigir um tratamento prolongado, devido á sua profundidade, então deverá prepara-se uma garrafa, necessitando-se de uma garrafa de vidro castanho, própria para este tipo de preparações (pode encontrá-la em farmácias e algumas drogarias ou ervanárias), devendo certificar-se de que se encontra esterilizada.
Adicione duas gotas de cada flor escolhida (até um máximo de 6 flores diferentes), e encha a garrafa com água mineral ou natural engarrafada. Esta preparação deverá ser sempre conservada num lugar fresco, como o frigorífico.
Tome 4 gotas desta preparação, 4 vezes ao dia, deitando-as directamente na língua, ou misturando-as num copo com água, chá ou outra bebida da sua preferência. Tente manter as gotas na sua boca por algum tempo, antes de engoli-las.

A duração de cada tratamento
As pessoas e as circunstâncias que rodeiam o indivíduo são únicas, por isso é impossível delinear o tempo de cada tratamento. Apenas o próprio pode verificar, pelos resultados nos sintomas sentidos, se já é altura de parar com o tratamento. Algumas pessoas sentem os efeitos ao fim de alguns dias, outras cujos problemas possuem raízes profundas, necessitam de várias semanas antes de notarem as consequências.
Devido à subtileza e à suavidade dos efeitos, o organismo ajusta-se facilmente a estes. Se acaso ao fim de duas semanas não sentir nada, terá de re-analisar a escolha que fez, até encontrar a combinação certa.
É importante realçar que, tal como qualquer outro tratamento natural, por vezes as reacções e emoções reprimidas podem aflorar à superfície, iniciando, o corpo, um processo de desintoxicação das toxinas acumuladas. Faz tudo parte do processo de cura, e não deverá sentir-se alarmado por estes sintomas.
O Dr. Bach passou os seus últimos anos na sua casa, em Mount Vernon, Oxfordshire, onde existe, actualmente, Dr. Edward Bach Centre, Mount Vernon, Sotwell, Wallingford, Oxon, England, sendo este o local que poderá contactar para obter mais informações, ou, se desejar encomendar pela Internet, poderá fazê-lo através de PENZANCE HERBAL SOLUTIONS.


Os 38 Remédios Florais

AGRIMÓNIA
Tormento mental, mas escondido por uma cara "valente"

ASPEN
Medos e preocupações sem ter motivo

FAIA
Intolerância dos outros

CENTUÁRIA
Vontade fraca

CERATO
Procurando sempre o conselho e a confirmação dos outros

FLOR DA CEREJA
Medo da loucura ou de perder a razão

REBENTOS DE CASTANHEIRA
Incapaz de aprender com as experiências passadas

CHICÓRIA
Egoísta e possessivo

CLEMATIS
Sonhador, desprendido, sem interesse no presente

MAÇÃ
Desgostoso e raivoso consigo próprio, sentindo-se sempre sujo

ULMEIRO
Demasiadamente "queimado" pelas responsabilidades

GENCIANA
Dúvidas, aspectos negativos, desencorajado

TOJO
Desespero, sem esperança, sofredor

URZE
Preocupado consigo próprio

AZEVINHO
ciumento, raivoso, invejoso e amargo

FLOR-DO-MEL
Vivendo no passado

CHIFRE-DE-VEADO
Fraqueza mental, sentimento de ser sempre "2ª feira de manhã"

IMPATIENS
Impaciência, facilmente irritável

LARSHA
Falta de confiança própria

MIMOSA
Medo de causas conhecidas ou de origem conhecida

MOSTARDA
Depressões agudas, mergulhar em profunda tristeza

AVEIA
Fadiga e exaustão, mas lutando contra

OLIVEIRA
Falta de energia

PINHO
Culpa e reprovação a si próprio

CASTANHEIRO VERMELHO
Sentimento de inferioridade sobre os outros

ROSA-DE-PEDRA
Terrores

ROCHA-DE-ÁGUA
Inflexibilidade e negação de si próprio

ESCLERANTUS
Indecisão e incertezas

ESTRELA-DE-BELÉM
Efeitos pós-choque

CASTANHEIRO DOCE
Angústia mental extrema

VERVAIN
Princípios fixos, sobre-entusiasmo

VINHA
Inflexibilidade, Dominador, Altamente ambicioso

NOGUEIRA
Super sensível a mudanças e a influências externas

VIOLETA-DE-ÁGUA
Relutante consigo próprio, orgulhoso, reservado, retirado

CASTANHEIRO BRANCO
Obsessivo, Negativo Pensativo, Angústia Mental

AVEIA SELVAGEM
Incertezas quanto ao caminho certo a seguir, Metas e Objectivos, Encruzilhadas

ROSA CANINA
Apatia e Resignação

SALGUEIRO
Amargura, Ressentimento e pouca estima




Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-79-Os-Rem-dios-Florais-de-Bach.html

Inserido em: 2002.05.09 Última actualização: 1999.11.29

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Pessoas > Artigos por Autor > Sandra Almeida
Saúde > Medicinas Alternativas