Batidos de legumes e frutas: explosão crua de energia e sabores Batidos de legumes e frutas: explosão crua de energia e sabores

Batidos de legumes e frutas: explosão crua de energia e sabores

Os batidos de frutas e legumes são das formas mais fáceis, práticas e saborosas de aumentar o consumo de hortofrutícolas e outros alimentos saudáveis no nosso quotidiano. Podem até dispensar sopas e frutas nas suas formas mais convencionais, uma vez que já incluem os ingredientes de ambas na sua melhor apresentação: crua e líquida.

Consumir estes refrescantes batidos naturais plenos de riquíssimos nutrientes e água é ainda mais económico do que confecionar refeições morosas e elaboradas que não vão dotar o organismo de tanta energia, hidratação nem fibras e cuja confecção gasta bastante mais tempo, eletricidade ou gás e exige mais lavagem de louça e utensílios.

Cru porquê?

Os alimentos crus são muito importantes na alimentação uma vez que contêm enzimas, vitaminas e minerais que se perdem quase na totalidade durante a cozedura e, para além disso, requerem pouco esforço do sistema digestivo, preservando a sua energia para outras funções do organismo. Uma vez líquidos, os alimentos também são melhor absorvidos e, novamente, exigindo menos do processo da digestão.

Dado que a alimentação ocidental convencional é excessivamente processada, refinada e cozinhada, torna-se ainda mais importante e necessário o consumo de alimentos crus e não há hora: podem e devem ser consumidos ao pequeno-almoço, almoço, lanches e jantar.

As vantagens para a saúde

Os batidos permitem juntar numa só bebida todos os grupos alimentares - cereais, derivados e tubérculos, lípidos, hortícolas e frutícolas, leites vegetais e derivados, proteínas e leguminosas, e assim satisfazer todas as necessidades do organismo enquanto o torna mais saudável, resistente, definido e esbelto, optimizando todas as suas funções e, muito importante, alcalinizando-o.

Um ambiente ácido no corpo humano é o ambiente ideal para o desenvolvimento de infecções, inflamações e outras doenças, pelo que é muito benéfico consumir alimentos alcalinizantes como o limão, laranja, figo, melancia, salsa, algas, erva de trigo, hortaliças, alfafa, etc. São sintomas de um organismo ácido, por exemplo, a falta de energia, excesso de muco, irritabilidade, dores de cabeça, doenças frequentes e peso a mais.

Dicas para preparar os batidos

Não há regras para combinações de legumes e frutas nos batidos, podem ser feitos ao gosto de cada um. No entanto, para quem se inicia há algumas formas de os equilibrar e enriquecer para agradarem mais ao paladar. Deixamos-te algumas sugestões simples e úteis:

  1. Quaisquer ingredientes devem ser de agricultura biológica. Não faz sentido tentar melhorar e manter a saúde ingerindo pesticidas, químicos ou OGM.

  2. Não mistures ingredientes a mais nem em quantidade nem em variedade. Se assim acontecer, a probabilidade é que a mistura de paladares seja demasiada e se torne estranha e não se consiga saborear nem identificar sabores. Se a quantidade for grande, vai sobrar batido que não se conservará em condições óptimas até à próxima refeição nem no frigorífico. Os sumos e batidos naturais devem ser consumidos imediatamente; devem ser feitos quando se vão beber.

  3. Mastiga o teu batido. O batido consiste em alimentos liquefeitos ricos em fibras e com o intuito de alimentar de forma prazerosa, não de apenas saciar a sede. Deve ser lentamente saboreado com toda a boca e bebido em goles pequenos, com calma e descontraidamente, para evitar enfartamento.

  4. Ingredientes frescos: tenta equilibrar a quantidade de legumes e frutas: usa, por exemplo uma maçã, uma pera, um pouco de tofu, uma mão cheia de espinafres, uma rodela de gengibre e três pés de salsa. Ou uma manga, uma rodela de gengibre, uma rodela de ananás, meia beterraba e três folhas de couve lombarda. Ou ainda uma banana, uma rodela de gengibre, meio cacho de uvas, duas colheres de sopa de germinados a gosto (de leguminosas, cereais e sementes) e uma cenoura. Tomate, pepino, pimento e alho com orégãos também resulta bem. Se gostares, junta um toque de ervas aromáticas como coentros, alecrim, cebolinho, aipo ou manjericão.

  5. Ingredientes secos: para evitar perdas de tempo em dias ocupados, mantém num frasco de vidro fechado uma mistura já feita de ingredientes secos. Calcula a quantidade para cinco ou dez batidos e coloca no frasco cinco ou dez colheres de chá, por exemplo, dos seguintes ingredientes: sementes de girassol, sementes de sésamo preto, pevides de abóbora, sementes de chia, maca, sementes de linhaça, flocos de aveia, erva de trigo, gérmen de trigo cru.

    Junta também em colheres de café especiarias saudáveis como pimenta de caiena (cuidado, é bastante picante!), curcuma e canela.

    Utiliza uma colher de sobremesa desta mistura por batido, por exemplo. Quando acabar e voltares a fazer a mistura, varia as sementes e os flocos, usa farelos, etc.

    Inclui frutos liofilizados como morangos, açaí ou secos como avelãs, nozes, cajus, bagas goji ou bagas inca.

  6. Ingredientes líquidos: podes acrescentar uma colher de chá de gordura saudável extra-virgem ao teu batido para melhor absorção dos legumes. Entre os melhores estão o azeite, óleo de coco, óleo de noz, óleo de linhaça, óleo de cânhamo e óleo de avelã.

    É também saudável e saboroso juntar a mesma quantidade de vinagre de maçã não pasteurizado ou sumo de meio limão, laranja ou lima.

    O teu batido vai precisar de uma boa quantidade de líquido; o mais neutro é a água, mas se gostares usa também chás, kefir de soja, leites vegetais, iogurte de soja, kombucha, água de coco ou sumos naturais, como o de maçã se ainda não incluíste o fruto inteiro no batido.

Agora basta colocar tudo no liquidificador e beber. Verás que há imensos alimentos que podes combinar de forma deliciosa, económica, rápida e saciante; é uma questão de ir sempre variando e ajustar os sabores ao gosto de cada um, consoante a época do ano, a imaginação e a criatividade.

Vale a pena experimentar e sentir os bons efeitos! Bom apetite!

 



Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-595-Batidos%2Bde%2Blegumes%2Be%2Bfrutas%253A%2Bexplos%25E3o%2Bcrua%2Bde%2Benergia%2Be%2Bsabores.html

Inserido em: 2013.05.11 Última actualização: 2013.05.11

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Alimentação > Alimentos > Legumes e outros vegetais
Alimentação > Alimentos > Frutos
Pessoas > Artigos por Autor > Ana Soares
Alimentação > Alimentação Crudívora



Comentários



misturar fruta com legumes

estou a usar os batidos a cerca de 2 anos, mas a ideia que eu tenho por algumas informações que li é que não se deve misturar na mesma refeição fruta com legumes, sendo a exeção a maçã, o abacate e o limão. será que esta regra não se aplica aos batidos? gostaria de saber o porquê para poder aumentar os meus conhecimentos e divercificar ainda mais os meus batidos.
(Por: elisabeth)

[Por: @ 2013.05.27 - 05:03 | Responder | Imprimir ]

Re: misturar fruta com legumes

> estou a usar os batidos a cerca de 2 anos, mas a ideia que eu tenho por
> algumas informações que li é que não se deve misturar na mesma refeição
> fruta com legumes, sendo a exeção a maçã, o abacate e o limão. será que
> esta regra não se aplica aos batidos? gostaria de saber o porquê para poder
> aumentar os meus conhecimentos e divercificar ainda mais os meus batidos.
> (Por: elisabeth)

Boa tarde Elisabeth,
De facto há misturas alimentares que não se devem fazer.
Em princípio, a maçã, a pêra, o limão, gengibre, abacate, papaia, podem misturar-se nos batidos com legumes, donde se salientam: cenoura, nabo, abóbora, beterraba, brócolo, salsa, aipo, coentros, alface, agrião, espinafre, couve (se for couve muito verde use apenas 1 folha pois o sabor é muito forte).
Vá variando e fazendo experiências de acordo com o seu gosto e os legumes de cada época.
Pode ainda juntar aos batidos sementes (sésamo, abóbora, girassol, linhaça, chia, cânhamo, etc) ou flocos de aveia previamente de molho em água quente de véspera, ou ainda alguns "super alimentos" como a clorela, spirulina, lucuma ou bagas goji... faça várias experiências, pois o nosso organismo precisa de variedade e não devemos comer sempre a mesma coisa.
Tem aqui um limk para um Quadro de Compatibilidades e Incompatibilidades de Alimentos:
http://www.paulasoveral.net/main.php?menu=4&cont=10
Bom apetite!
Paula Soveral

(Por: Paula Soveral)

[Por: @ 2013.06.10 - 10:56 | Responder | Imprimir ]

Re: misturar fruta com legumes

> > estou a usar os batidos a cerca de 2 anos, mas a ideia que eu tenho por
> > algumas informações que li é que não se deve misturar na mesma refeição
> > fruta com legumes, sendo a exeção a maçã, o abacate e o limão. será que
> > esta regra não se aplica aos batidos? gostaria de saber o porquê para
> poder
> > aumentar os meus conhecimentos e divercificar ainda mais os meus
> batidos.
> > (Por: elisabeth)
>
> Boa tarde Elisabeth,
> De facto há misturas alimentares que não se devem fazer.
> Em princípio, a maçã, a pêra, o limão, gengibre, abacate, papaia, podem
> misturar-se nos batidos com legumes, donde se salientam: cenoura, nabo,
> abóbora, beterraba, brócolo, salsa, aipo, coentros, alface, agrião,
> espinafre, couve (se for couve muito verde use apenas 1 folha pois o sabor
> é muito forte).
> Vá variando e fazendo experiências de acordo com o seu gosto e os legumes
> de cada época.
> Pode ainda juntar aos batidos sementes (sésamo, abóbora, girassol, linhaça,
> chia, cânhamo, etc) ou flocos de aveia previamente de molho em água quente
> de véspera, ou ainda alguns "super alimentos" como a clorela, spirulina,
> lucuma ou bagas goji... faça várias experiências, pois o nosso organismo
> precisa de variedade e não devemos comer sempre a mesma coisa.
> Tem aqui um limk para um Quadro de Compatibilidades e Incompatibilidades de
> Alimentos:
> http://www.paulasoveral.net/main.php?menu=4&cont=10
> Bom apetite!
> Paula Soveral
>
> (Por: Paula Soveral)


Olá Paula
Muito obrigada por compartilhar comigo seus conhecimentos.
O seu comentário foi muito util e apreciado.

Elisabeth
(Por: Elisabeth)

[Por: @ 2013.06.14 - 10:32 | Responder | Imprimir ]


Re: misturar fruta com legumes

Paula, qual sua opinião a respeito dos tais sucos verdes que estão na moda? Vários deles misturam frutas com legumes crus em quantidades e formas um tanto estranhas... Não sei se conheces o que estou a falar, caso não esteja leia isso http://www.comoemagrecersaudavel.com/receitas-de-suco-verde/
Será que é tão benéfico a saúde quanto prezam as pessoas?
(Por: Beatriz)

[Por: @ 2014.07.13 - 21:00 | Responder | Imprimir ]