Estudos sobre atletas

Os atletas não estão imunes ao condicionamento cultural que prega que a carne dá resistência e força.
Mesmo assim, alguns adoptam dietas vegetarianas e os resultados inspiram investigações. Vários estudos confirmam que os vegetarianos têm mais força e resistência, bem como recuperam mais rapidamente do cansaço.

Na Universidade de Yale, o professor Irving Fisher projectou uma série de testes que comparam a resistência e força dos omnívoros e dos vegetarianos.
Foram seleccionados homens de 3 grupos: atletas que comiam carne, atletas vegetarianos e vegetarianos sedentários. Os resultados, publicados no Yale Medical Journal, põem em causa a credibilidade do preconceito popular de que a carne dá força.
Dos 3 grupos comparados, os que comiam carne demonstraram bem menor resistência do que os vegetarianos. Menor até mesmo do que aqueles que levavam uma vida sedentária. A média de pontuação dos vegetarianos foi mais do que o dobro dos que comiam carne, mesmo incluindo a metade dos vegetarianos que eram sedentários, enquanto todos os omnívoros eram atletas.
Um estudo similar foi conduzido pelo Dr. J. Ioteyko, da Academia de Medicina de Paris. O Dr. Ioteyko, numa variedade de testes, comparou a resistência dos vegetarianos e omnívoros com todos os estilos de vida. Os vegetarianos atingiram uma média de resistência 2 a 3 vezes maior do que os que comiam carne. E ainda mais surpreendentemente, comparados aos que comiam carne, eles levaram 1/5 do tempo para recuperar da exaustão.
Em todos os testes desta natureza que já foram realizados nos últimos anos os resultados têm sido similares. Um grupo de médicos na Bélgica comparou sistematicamente o número de vezes que vegetarianos e omnívoros eram capazes de comprimir um medidor de força manual. Os vegetarianos ganharam com uma média de 69 vezes, enquanto os que comiam carne atingiram a média de apenas 38.


Referências:
http://www.michaelbluejay.com/veg/books/dietamerica.html


Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-189-Estudos-sobre-atletas.html

Inserido em: 2003.03.30 Última actualização: 2008.04.06

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Pessoas > Artigos por Autor > Cristina Rodrigues
Saúde > Desporto



Comentários



Informação certa

Numa pesquisa muito rápida pelo google confirmamos rapidamente que tanto Yale Medical Journal como os dois autores existem e têm estudos sobre atletas
vegetarianos:

http://www.alanlam.demon.co.uk/dyk1f.htm
http://www.rawfoodlife.com/vegetarians_have_more_stamina_.htm
http://michaelbluejay.com/veg/books/dietamerica.html#endurance

Para que não restem dúvidas seguem as indicações bibliográficas completas dos estudos:
Fisher, Irving, "The Influence of Flesh Eating on Endurance," Yale Medical Journal, 13(5):205-221, 1907. (para conhecer melhor este autor ver
http://www.library.yale.edu/un/papers/fisher.htm )

Ioteyko, J., et al, Enquete scientifique sur les vegetariens de Bruxelles, Henri Lamertin, Brussels, pg. 50.

Calculo que os artigos destes autores poderão não ser fáceis de encontrar na net porq p ex Fisher nasceu no século XIX e publicou no inicio do séc XX.

[Por: @ 2005.10.10 - 24:00 | Responder | Imprimir ]


Informação errada

Não existe nenhum Yale Medical Journal, ou artigos publicados pelos 2 autores referidos no index de artigos científicos MEDLINE....
M

[Por: @ 2005.10.10 - 24:00 | Responder | Imprimir ]