Dia Mundial da Alimentação

No dia 16 de Outubro celebra-se o Dia Mundial da Alimentação para comemorar a criação da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), em 1945.
Durante o Dia Mundial da Alimentação, celebrado pela primeira vez em 1981, destaca-se em cada ano um tema para o qual se focalizam todas as actividades. O tema proposto para este ano é “O Direito à Alimentação” (The Right to Food).
A Declaração Universal dos Direitos do Homem, de 1948, em primeiro lugar reconhece o direito à alimentação como um direito humano. O direito à alimentação é um direito universal, tanto para homens, mulheres ou crianças.

Actualmente mais de 1,2 bilião de pessoas em todo o mundo vivem abaixo do limiar de pobreza, definido pela ONU como sendo pessoas que vivem com menos de 1 dólar por dia, o que seria o mínimo necessário para sobreviver. De acordo com o estudioso norte-americano Phillip Harten, em cada 100 pessoas no mundo, 13 passam fome diariamente. Além das que passam fome, também uma parte significativa da população sofre de carências em alguns nutrientes essenciais.

Para sensibilizar o público mundial sobre a dimensão da fome no mundo, a FAO lançou, em 1997, aquando do Dia Mundial da Alimentação, a TeleFood: uma campanha de concertos, espectáculos desportivos e outras actividades com o objectivo de aproveitar a força dos meios de comunicação e a participação das figuras públicas para despertar o interesse dos cidadãos na luta contra a fome.
O objectivo da campanha TeleFood é fomentar a consciencialização e mobilizar recursos para microprojectos de segurança alimentar. As doações recebidas já possibilitaram que camponeses pobres de 122 países beneficiassem de mais de 1600 projectos destinados a aumentar a produção agrária e a conseguir uma alimentação mais adequada.

Todos sabemos o quão vital é a alimentação. Mas o tipo de dieta e de alimentos que se escolhem não têm apenas implicações a nível físico e psicológico em cada indivíduo, tocam toda a sociedade e têm consequências a nível mundial, podendo mesmo pôr em causa a alimentação da população com menos recursos. Tal como se pode ler no artigo “Produção Animal / Degradação Ambiental e Fome no Mundo” uma alimentação vegetariana poderia ser a chave para solucionar o problema da fome mundial. A juntar a isso, são vários estudos que comprovam que a dieta vegetariana é mais saudável.
No Dia Mundial da Alimentação não devemos pois deixar de reflectir sobre aquilo que comemos, sobre a situação alimentar no mundo actual e sobre a forma como os alimentos são distribuídos e produzidos a nível mundial.


Referências:
http://www.fao.org/wfd/index_en.asp
http://www.feedingminds.org/info/wfd_pt.htm

Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-322-Dia%2BMundial%2Bda%2BAlimenta%25E7%25E3o.html

Inserido em: 2004.10.09 Última actualização: 2007.10.12

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Alimentação
Notícias > Notícias 2007
Pessoas > Artigos por Autor > Cristina Rodrigues