Tratamentos Caseiros

Na flora e na fauna do nosso planeta, várias são as espécies em habitat natural que sabem empregar recursos para se tratarem de ferimentos ou outras maleitas que as possam assolar. Para além das defesas imunitárias, o habitat circundante geralmente oferece soluções para problemas de saúde. O ser humano também aprendeu a usar e a estudar esses recursos desde há milénios, pelo que hoje em dia existem no mercado e na Internet várias publicações e especialistas que se debruçam sobre este assunto.

Não se pretende com este artigo listar exaustivamente tratamentos caseiros complexos, apenas dar ideias naturais e simples para maleitas comuns e passageiras a fim de apresentar alternativas a medicamentos convencionais e/ou métodos invasivos. Todas as sugestões são veganas.

ADVERTÊNCIAS IMPORTANTES: OS TRATAMENTOS NÃO SÃO INÓCUOS! SE HOUVER ALGUM PROBLEMA DE SAÚDE (MESMO “MERAS” ALERGIAS) OU GRAVIDEZ, DEVEM TOMAR-SE PRECAUÇÕES!

As plantas medicinais e/ou frutos, sempre que possível devem ser biológicos, avulsos e muito bem lavados e desinfectados, comprados em casas da especialidade e não colhidos na natureza sem conhecimentos. Pode ser perigoso para a saúde misturar chás para efeitos diferentes.

Os óleos essenciais não devem ser aplicados directamente na pele com a excepção do de alfazema e do de óleo de árvore do chá (tea tree oil). Os restantes devem ser sempre diluídos em óleos-base neutros, como por exemplo óleo de amêndoas doces, de jojoba ou de sésamo.

Há poucos tratamentos imediatos e de utilização única: o organismo humano precisa de tempo e repetições para os efeitos se poderem fazer sentir. Com uma alimentação cuidada, podem evitar-se muitas maleitas e os tratamentos resultam melhor num organismo cuidado.

Não é conveniente conservar os tratamentos; é aconselhável consumi-los ou aplicá-los feitos no momento.

 

 

PROBLEMA

SUGESTÕES DE TRATAMENTO

Acalmar a pele escaldada

Cozer aveia em flocos ou grãos e acrescentar tudo à água do banho de imersão.

Outra solução é juntar amido de milho à água do banho de imersão.

Acalmar e dormir melhor

Beber chá de camomila ou chá de alfazema ou chá de valeriana ou chá de verbena.

Ou ainda tomar chá de alfazema, tília e camomila (em partes iguais)

Outra solução é um banho de imersão com sal marinho.

Também ajuda massajar a nuca, a parte de trás das orelhas e a fronte com óleo essencial de alfazema e colocar 2 a 3 gotas na almofada.

Ajuda bastante efectuar respirações lentas e profundas.

Aftas

Aplicar canela em pó ou gengibre fresco directamente na afta.

Também serve 10 grãos de cacau fervidos num litro de água e bochechar.

Outra sugestão é bochechar com uma solução de 1 copo de água morna com 1 colher de chá de bicarbonato de sódio.

Afonia

Fazer gargarejos com uma chávena de água morna ou fria com 1 pitada de sal e 1 colher de café de bicarbonato de sódio.

Também resulta gargarejos com a mistura: sumo de 1 limão, 3 folhas de malva e 3 folhas de cavalinha.

Outra sugestão: beber chá de cascas de cebola.

 

Artrite Reumatóide

Beber chá de gengibre fresco com paus de canela.

Outra sugestão: massagens com óleo de sésamo (1 colher de sopa) a que juntas 10 gotas de óleo essencial de eucalipto, 10 gotas de óleo essencial de zimbro e 10 gotas de óleo essencial de alfazema.

Também ajuda massajar as partes afectadas com vinagre de sidra.

Beber água quente em jejum é outra sugestão.

O consumo de morangos (e outros frutos vermelhos silvestres) também é bastante adequado pois é um fruto com propriedades anti-inflamatórias.

Outra solução: liquefazer 2 fatias de ananás, sumo de 2 limões e 1 colher de sopa de hortelã. Beber 2 copos por dia.

Também ajuda consumir regularmente a especiaria curcuma pois também é anti-inflamatória e desintoxicante.

Azia

Ferver numa chávena de água durante 3 minutos 1 colher de sopa de casca ralada de limão verde e 1 colher de sopa da parte branca do limão. Beber um copo de 6 em 6 horas.

Também resulta mastigar um pedaço de batata crua e beber esse suco.

Calos

Cortar uma cebola de forma a obter pequenos quadrados ou rectângulos que se aplicam no calo. Deixar marinar 3 dias em vinagre. Aplicar no calo um quadrado ou rectângulo renovando todos os dias e prendendo uma banda de tecido.

Outra sugestão é colocar um pedaço de casca de banana verde sobre o calo, cobrir com gaze e substituir de 3 em 3 horas.

Outro tratamento é aplicar um dente de alho e sal marinho no calo durante uma noite; lavar e hidratar muito bem na manhã seguinte.

Outra solução é aplicar no calo 1 dente de alho com 1 colher de café de azeite.

Caspa

Ferver um punhado de urtigas num litro de água, deixar arrefecer e usar como última passagem na lavagem do cabelo.

Circulação sanguínea

20 cascas de uvas pretas abafadas por 3 minutos em 2 chávenas de água a ferver. Coar e beber.

 

Cólicas menstruais

Banho de chá de hortelã - deixar ferver por 2 minutos 3 litros de água com 3 chávenas de folhas de hortelã. Juntar 3 litros de água fria. Banhar o corpo a partir do pescoço.

Constipações e gripes

Escalda-pés (demolhar os pés em água quente com sal marinho durante cerca de meia-hora). Depois, massajar os pés com óleo de sésamo morno que ajuda a relaxar. Deve ser feito antes de deitar.

Outra sugestão é beber chá de gengibre com 1 dente de alho com casca, 1 casca de limão e erva-doce ou anis estrelado.

Outra ajuda é: liquefazer sumo de limão com 1 dente de alho, 1/2 cebola e gengibre fresco a gosto. Beber.

Outro tratamento é ferver folhas de eucalipto e colocar numa bacia essa água a ferver com as folhas. Inalar os vapores profunda e repetidamente várias vezes ao dia com uma toalha sobre a cabeça para o vapor não se escapar pelos lados.

Controlar apetite por doces

Cortar em pedaços médios cebolas, cenouras, couve lombarda (repolho ou couve coração) e nabo (opcional), na quantidade de uma chávena de cada. Colocar destapado em água a ferver sem sal por 2 ou 3 minutos. Reduzir o lume e cozinhar por 20 minutos tapado. Coar e beber morno 1 ou 2 chávenas por dia, uma delas em jejum

Diarreia

Ferver 2 goiabas vermelhas num litro de água. Beber frio.

Dor de cabeça/ Enxaqueca

Cortar uma batata crua às rodelas e colocar na testa segurando-as com uma banda de tecido em volta da cabeça até a batata aquecer e enegrecer. Convém a pessoa estar deitada num local calmo e com luz suave.

Outra solução é diluir sumo de meio limão num copo de água e beber.

Outra ajuda: ferver 1 colher de sopa de folhas de alfazema num litro de água. Tomar 3 chávenas por dia.

Outra sugestão: ferver num litro de água 2 colheres de sopa de sementes de girassol torradas. Beber uma chávena de 6 em 6 horas.

Outro tratamento é beber chá de casca de laranja.

Dores em geral

1 colher de sobremesa de folhas de sabugueiro abafadas numa chávena de água a ferver por 10 minutos. Beber de seguida.

Dores musculares de esforço

Beber chá de manjericão seco: 1 colher de chá por cada chávena, 2 chávenas antes ou depois das refeições.

Enjoo de viagens

Beber chá de gengibre antes da viagem.

Excesso de peso

Ferver 1 litro de água com 1 chávena de chá de folhas e talos de alface. Tomar 3 chávenas por dia.

Outra solução é beber chá verde.

Também ajuda comer cenoura e maçã cruas ao pequeno-almoço e cenoura e nabo cru (temperado com molho de soja) às refeições principais.

Beber chá de rábano também resulta.

Febre

Liquefazer 2 maçãs com pouca água. Beber morno.

Feridas, queimaduras, frieiras, pisaduras, calos, lábios gretados, inchaços

Cortar uma folha de aloé vera com uma faca plástica e colocar a seiva na área afectada.

Fungos nas unhas

Mergulhar as unhas afectadas em 1 parte de vinagre e 1 parte de água várias vezes ao dia. Se apenas uma parte da unha estiver afectada, pode aplicar-se o líquido com um cotonete.

Também se deve pincelar as unhas (interna e externamente) com a seguinte mistura: numa colher de sopa de óleo de laranja misturar 10 gotas de óleo essencial de alfazema, 10 gotas de óleo essencial de eucalipto e 10 gotas de óleo essencial de árvore do chá (tea tree oil), pincelar a parte afectada (bem limpa) 3 vezes por dia.

Garganta inflamada

Sumo de 3 limões com um copo de água morna. Beber e fazer gargarejos.

Outra solução: 3 colheres de sopa de casca de ananás/abacaxi picada com sumo de uma laranja e 1 copo de água a ferver por cima abafado por 3 minutos. Coar e beber.

Limpeza de feridas

Ferver folhas de eucalipto e malva em água e limpar as feridas com esta solução fria.

Manchas na pele

Aplicar sumo de morango.

Muco nos olhos (também para cães e gatos)

Embeber algodão ou gaze em chá preto ou chá de 3 anos com sal marinho (1 colher de sopa de sal marinho para 1 litro de chá) ligeiramente morno. Aplicar suavemente retirando o muco várias vezes ao dia. Secar suavemente em redor dos olhos depois de tratar.

Pé-de-atleta/Micoses/Tinha (também para cães, gatos, etc.)

Aplicar directamente óleo de essência de árvore do chá (tea tree oil) na zona afectada ou o mesmo óleo na proporção de 10 gotas com 1 colher de sopa de óleo de sésamo ou jojoba diariamente 2 a 3 vezes por dia durante cerca de 1 mês ou mais, para prevenir o reaparecimento do problema.

Outra sugestão: aplicar óleo de árvore do chá, óleo de alfazema e óleo de eucalipto numa base de óleo de jojoba 3 vezes ao dia.

Pés e pernas cansados

Escalda-pés (ver acima em constipações/gripes).

Outra sugestão: massajar com uma mistura de 2 colheres de sopa de óleo de sésamo, 10 gotas de óleo essencial de eucalipto e 10 gotas de óleo essencial de alfazema e descansar com as pernas ao alto durante 20 minutos.

Pisaduras/contusões/problemas musculares

Massajar 3 vezes ao dia com óleo de arnica.

Prisão de ventre

1 chávena de chá de ameixas secas picadas dissolvidas num copo de água quente. Beber morno.

Beber sumo de aloé vera antes de deitar (sumo: abre-se a folha de aloé, retira-se o gel e mistura-se no liquidificador 1 colher de gel para 1 copo de água).

Problemas de fígado

Beber chá de gengibre.

Outra ajuda é comer uma rodela de gengibre em jejum

Outra sugestão: chá de boldo, dente-de-leão, hortelã, gengibre em partes iguais.

O sumo de beterraba fresca é excelente para o fígado, tonificar e renovar o sangue.

Problemas digestivos

Beber chá de gengibre (não ferver o gengibre para não perder as propriedades terapêuticas. Ferver a água, juntar 6 rodelas finas de gengibre para 1 litro de água, deixar de infusão 10 a 15 minutos e beber quente em jejum ou a seguir às refeições ou quando necessitar.

Outra ajuda é o chá de alcachofra, especialmente para o fígado.

Também resulta: verter 1 chávena de chá de água a ferver numa 1 colher de sopa de hortelã picada e deixar 10 minutos. Juntar 1 colher de sobremesa de sumo de limão. Coar e beber.

Outra sugestão é abafar por 3 minutos num copo de água 5 colheres de sopa de casca de ananás/abacaxi com 10 folhas de hortelã e beber.

Outra ajuda: chá de cidreira (1 colher ½ de sopa num litro de água a ferver). Beber 4 vezes ao dia.

Resulta também: 3 colheres de sopa de alface (folhas e talos) fervidos num litro de água. Beber 5 chávenas ao dia.

Problemas urinários

Beber chá de barbas de milho.

Outra sugestão é beber chá de pés de cereja.

O chá de feijão azuki com alga kombu é excelente para este tipo de problemas.

Problemas respiratórios em geral e abcessos dentários

Aplicar papas de linhaça (desfazer ou picar sementes de linhaça e ferver essa farinha com água até ficar em papa) mornas no peito ou no abcesso durante a noite e proteger com um tecido de algodão ou toalha. Em alternativa podem envolver-se as papas em tecido e aplicar indirectamente.

Retirar picos de cactos da pele

Para aqueles picos muito finos muito difíceis de tirar com a pinça, usa cera depilatória vegana (eventualmente caseira).

Rouquidão/gengivite

1 colher e ½ de sopa de casca de romã fervida num litro de água. Bochechar e fazer gargarejos.

Outra sugestão para a rouquidão: beber chá de cascas de cebola.

Tosse/bronquite

2 colheres de sopa de rúcula coberta com uma chávena de água a ferver. Deixar repousar 10 minutos e beber.
Ferver 6 figos secos num litro de água até ficarem tenros. Beber várias vezes ao dia.

Verrugas

Colocar um dente de alho aberto ao meio sobre a verruga preso com adesivo, mudar a cada 24 horas, substituindo o alho, até que a verruga desapareça. Normalmente desaparece entre 3 a 7 dias.

 

 

Referências:
http://www.paulasoveral.net

Saúde de Bolso—Editora Alto Astral

 



Copyright Centro Vegetariano. Reprodução permitida desde que indicando o endereço: http://www.centrovegetariano.org/Article-533-Tratamentos-Caseiros.html

Inserido em: 2009.11.28 Última actualização: 2010.01.04

Comentar printer     E-mail   Facebook F

Alimentação > Alimentos > Tisanas, Especiarias, Ervas, Infusões
Saúde > Medicinas Alternativas
Pessoas > Artigos por Autor > Ana Soares



Comentários



zinco constipação

o zinco é considerado medica e cientificamente uma boa solução para constipações

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21328251

uma das melhores formas naturais de obter zinco é através da equinacia que existe para infusões
(Por: João Matos)

[Por: @ 2012.01.18 - 17:23 | Responder | Imprimir ]